TVI

Joana Diniz partilha longo e emotivo desabafo nas redes sociais

Instagram

A ex-concorrente da ‘Casa dos Segredos’, da TVI, partilhou um texto bastante emotivo nas redes sociais a acompanhar uma fotografia em que surge bastante feliz.

“Depois de algum tempo remando contra a maré e resistindo ao fluxo do meu destino, finalmente entendi que não terei todas as respostas, e que não me resta outra alternativa senão aceitar tudo aquilo que não posso controlar. Aceitar não passivamente, mas com resignação e gratidão, mesmo quando dói. O tempo me ensinou muito sobre a dor.”, começou por escrever.

“E hoje mais fortalecida pelas pancadas da vida, tenho plena consciência de que tenho muitos defeitos para ser perfeita, mas sou muito abençoada para ser ingrata. Nem sempre é possível entender ou mudar o curso do destino, e se o que nos resta é apenas deixar fluir, então que assim seja.”, continuou.

“Eu não sei quantas lições eu já aprendi, tão pouco quantas eu ainda preciso aprender. A única coisa que sei, é que estou vivendo, me permitindo, sentindo e me tratando com amor. Porque sem amor eu não sou, sem amor eu não existo. Por isso para mim é tão importante viver em paz com harmonia e muita gratidão. Meu desejo maior é a Felicidade que só existe na simplicidade de uma vida que vale a pena ser vivida.”, concluiu.

View this post on Instagram

Depois de algum tempo remando contra a maré e resistindo ao fluxo do meu destino, finalmente entendi que não terei todas as respostas, e que não me resta outra alternativa senão aceitar tudo aquilo que não posso controlar. Aceitar não passivamente, mas com resignação e gratidão, mesmo quando dói. O tempo me ensinou muito sobre a dor. E desde então, recebo todas as dores com carinho, pois sei que elas sempre trazem sabedoria e que a cada ferida cicatrizada a gente se torna uma pouquinho melhor, porque o que não mata, de fato fortalece. E hoje mais fortalecida pelas pancadas da vida, tenho plena consciência de que tenho muitos defeitos para ser perfeita, mas sou muito abençoada para ser ingrata. Nem sempre é possível entender ou mudar o curso do destino, e se o que nos resta é apenas deixar fluir, então que assim seja. E que acima de tudo, a gente saiba se aceitar exatamente da maneira que somos. Que saibamos encontrar beleza no caos, que saibamos ser luz em nossa própria escuridão, sem perder a gratidão nos momentos em que nossa alma padece nos desertos da vida. Que a gente se encontre na solidão e abrace nossa imperfeição, porque somos humanos, somos falhos, mas podemos pelo menos tentar ser melhor. Eu não sei quantas lições eu já aprendi, tão pouco quantas eu ainda preciso aprender. A única coisa que sei, é que estou vivendo, me permitindo, sentindo e me tratando com amor. Porque sem amor eu não sou, sem amor eu não existo. Por isso para mim é tão importante viver em paz com harmonia e muita gratidão. Meu desejo maior é a Felicidade que só existe na simplicidade de uma vida que vale a pena ser vivida. ✨

A post shared by Joana Diniz (@joanadiniz_official) on

 

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita.Apple Store Download Google Play Download

ATV News