fbpx
TVI

Joana Amaral Dias revoltada com morte de jovem após ida ao hospital: “Podia ter sido salvo…”

Joana Amaral Dias
Reprodução/Redes Sociais

Um jovem perdeu a vida poucas horas após ter alta do hospital e Joana Amaral Dias mostrou-se revoltada com a situação.

Esta quinta-feira, dia 6 de janeiro, o programa ‘Dois às 10’ debateu o caso de Pedro Carvalho, um jovem de 20 anos, que deu entrada no hospital com dores no peito e no braço, veio embora com alta e morreu poucas horas depois. Joana Amaral Dias comentou o acontecimento e mostrou-se revoltada.

Pedro Carvalho era o único paciente no hospital em Albergaria-a-Velha na madrugada de 3 de janeiro e foi diagnosticado com uma gastroenterite. Poucas horas depois, o jovem acabou por falecer em casa. “Ele já não me chamou. Acordei às quatro e vinte e cinco com o respirar dele muito alto… Ele fechou os olhos e continuava a respirar, e quando o irmão chegou deu o último suspiro… Ele morreu agarrado a mim”, explicou a namorada.

A figura pública espera que toda a verdade seja apurada para trazer alguma paz à família. “Revoltado no mínimo. Muitos miúdos desta idade é que tinham sido negligentes, a valorização da saúde aos 20 anos é diferente. Ele teve a atitude correta em ir ao hospital”, começou por dizer.

“Ele tinha 20 anos, a vida toda à frente, ele foi ao hospital. Podia ter sido salvo. Esteve com quem o podia salvar”, acrescentou. A família do jovem acusa o hospital de negligência médica.

Leia também: Joana Amaral Dias revela momento caricato com a filha: “A mamã põe as mãos muitas vezes no pipi?”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>