fbpx
TVI Big Brother

Joana Amaral Dias sobre caso André Filipe: “Isto é pior do que negligência, é exploração”

Joana Amaral Dias E Andre Filipe
Instagram

Joana Amaral Dias comentou o caso de André Filipe, do ‘Big Brother’ e considerou que tudo o que aconteceu foi “pior do que negligência” por parte da produção do reality-show.

O jovem foi expulso por comportamentos impróprios e continua internado no Hospital do Barreiro, após um surto psicótico. Joana Amaral Dias afirmou, à revista Vidas, que o jovem não devia ter entrado no programa e, na sua opinião, houve uma “exploração” logo na altura do casting.

A psicóloga não tem dúvidas que se via logo que ele era uma pessoa com fragilidades e com o stress do programa devia ter sido feita uma avaliação psicológica detalhada.

“Isto é pior do que negligência, é exploração. As fragilidades destas pessoas são os lucros do programa. Ele foi visto como alguém com potencial para dar audiências”, acusou.

Joana foi mais longe e questionou: “Como é que se recupera disto? Ele foi exposto de forma pornográfica. Toda a gente viu os seus comportamentos, foi humilhado“.

Na sua opinião, o surto psicótico é uma doença grave que é comentada muitas vezes de forma leve e não se pode desvalorizar. “O surto psicótico é o fim da linha da doença mental”, rematou a psicóloga Joana Amaral Dias.

Leia também: Big Brother. Toda a verdade sobre as saídas polémicas de Luís, Bruno e André Filipe

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News