fbpx
TVI

Iva Domingues ‘confronta’ Joana Amaral Dias em direto: “Não será hipocrisia continuares associada à marca?”

Iva Domingues, Joana Amaral Dias
Reprodução/Redes Sociais

Joana Amaral Dias esteve no “Esta Manhã”, da TVI, para comentar a polémica da Prozis e acabou por entrar num ‘bate-boca’ com Iva Domingues.

Miguel Milhão, CEO e fundador da Prozis, está envolvido numa polémica depois de concordar com decisão do Supremo Tribunal dos Estados Unidos que, na sexta-feira, anulou o direito ao aborto. Nas últimas horas, várias são as figuras públicas que têm dado a sua opinião sobre o assunto e outras que cancelaram as parcerias que mantinham com a marca.

Na manhã desta quarta-feira, dia 29 de junho, Joana Amaral Dias, que se mantém ligada à empresa de nutrição desportiva e inclusive promoveu a marca após a polémica, esteve no programa “Esta Manhã”, da TVI, e acabou por ter um ‘bate-boca’ com Iva Domingues.

“Eu não concordo com esta posição de Miguel Milhão e acho que estas pessoas têm o direito de se desvincular da marca, da mesma forma que o Miguel tem direito à opinião dele. Toda a gente tem espaço para isso […] Muitas das pessoas que são influencers, embaixadores, representantes de marcas não se preocupam em saber quem são os donos, os CEO das grandes empresas mundiais”, começou por dizer a psicologia.

De seguida, a apresentadora aproveitou para interromper a comentadora e questionou: “Tenho aqui uma dúvida, tenho que voltar ao tema. Tenho mesmo esta dúvida… quando dizes que a tua opinião é absolutamente nas antípodas do Miguel… então não será também uma hipocrisia da tua parte uma vez que descordas usar a tua imagem e voz pública continuar associada à marca. Não faz muito sentido, tens que concordar com isso…”.

“Eu não tenho uma relação ideológica com a Prozis. A Prozis nunca me proibiu de dizer aquilo que eu penso. Aliás, o Miguel Milhão se não sabia ficou agora a saber que tem uma ativista política com posições completamente diversas dele. Não me despediu por isso e não vou despedir ele por isso. A maneira como vejo o mundo é que devemos ter todos um espaço para ter a sua opinião”, explicou Joana Amaral Dias, ao passo que Iva Domingues atirou: “A lei do aborto não permite à mulher ter opinião e dizer eu não quero…”.

Ao ser ‘confrontada’, a psicologia tentou dar o seu ponto de vista e comparou com a vacinação contra a Covid-19. “Isso é outra coisa. Além disso, deixa-me dizer-te para responder à tua pergunta porque já me interpelaste isso duas vezes, há um problema mais grave […] é que muitas destas pessoas tiveram dois anos a negar o conceito do corpo é meu. Durante a imposição das vacinas, as pessoas desistiram, nomeadamente as mulheres, completamente desse conceito”, sublinhou.

“Nós podemos comparar uma vacina que supostamente protege terceiros, e na verdade já sabemos que nem sequer protege – porque se não os números de infecção não eram os que são hoje – e a um contrário procedimento para proteger um bebé que ainda não nasceu”, acrescentou ainda.

“Mas quem quis vacinou-se e quem não quis não se vacinou! Eu conheço muita gente que não se vacinou”, reforçou Iva Domingues, ao receber uma resposta da comentadora da TVI. “Eu conheço muita gente que foi despedida por não serem vacinadas, perderam os seus empregos […] Não concordo contigo. As pessoas não vacinadas foram despedidas, foram ostracizadas…”.

Iva Domingues não concordou com a opinião de Joana Amaral Dias e a polémica da Prozis continuou a ser comentada no programa “Esta Manhã”.

Leia também: Joana Amaral Dias promove a Prozis e é alvo de críticas: “Que desilusão”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

1 Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>