TVI

Isabel Figueira interpreta vítima de violência doméstica: “Tive de perder o amor próprio”

Instagram

A atriz aceitou o desafio e é uma das personagens chave da série da TVI. Isabel Figueira fala num “papel cansativo”. Dá vida a Luísa, vítima de violência doméstica. 

Em “Amar depois de Amar”, Isabel interpreta uma mulher que sofreu de violência doméstica. Em entrevista à VIP confessa-se emocionalmente desgastada. Antes das gravações fez questão de vestir a personagem com testemunhos reais. Indignada com o que viu o que ouviu, confessa que uma das piores fases foi quando descobriu um caso próximo. “Infelizmente descobri que tinha uma amiga que tinha vivido… Quando falei em grupo que ia fazer esta personagem, ela disse-me: ‘Olha, eu, a minha irmã e a minha mãe sofremos’ e contou-me a história dela, difícil”.

Revoltada, Isabel Figueira destapa um bocadinho da alentejana Luísa que interpreta na nova aposta de ficção da TVI. Vítima de violência doméstica durante 15 anos, levou a atriz aos limites. “Foi muito difícil e foi triste, fui para casa a pensar como é as pessoas conseguem viver vidas assim? Eu, como Isabel, que sou uma mulher feliz, que nos momentos mais difíceis da minha vida sempre arregacei as mangas e lutei, como é que se perde este amor próprio? Eu tive de perder este amor próprio na personagem”, admitiu.

“Digo isto emocionada, porque nós vivemos todos os dias, isto já existe há anos, não é só de agora. Aquilo que eu posso dizer é que isto está na esquina, está muito perto de nós, muitas vezes, não temos essa atenção, e isto tornou-me muito mais atenta e muito mais perspicaz, noutras coisas, porque, violência doméstica – e volto a frisar –, não é física, o chamar estúpida, o ‘és uma cabra’, isto é violência doméstica… um empurrãozinho… é das mais variadas formas”, deixa a mensagem que espera conseguir transmitir com a Luísa de ‘Amar depois de Amar’.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News