fbpx
TVI

Inês Aires Pereira recorda acidente de viação dos pais: “Ficou em coma 2 meses e tal”

Inês Aires Pereira
Inês Aires Pereira/Instagram

Inês Aires Pereira falou sobre o início da relação dos pais e o grave acidente que tiveram antes da atriz nascer.

Neste sábado, dia 24 de setembro, foi para o ar a entrevista de Inês Aires Pereira, no programa ‘Conta-me’. A atriz “abriu o coração” numa conversa com Maria Cerqueira Gomes, e chegou mesmo a falar sobre o grave acidente que os pais tiveram, antes ainda de nascer.

Tiveram um acidente muito grave, em que o meu pai fica em coma muito tempo, a minha mãe é cuspida pelo carro (…) A certa altura era: o meu pai não vai sobreviver, a certa altura vai sobreviver mas vai ficar vegetal, depois já não ia ficar vegetal mas vai ficar mal para sempre”, começou por contar, explicando que o estado de saúde do pai foi melhorando.

O acidente ocorreu quando os pais da atriz tinham cerca de 32 anos: “Eles tinham uma carreira promissora e levam aquela cacetada aos 32, 33 anos. Muito fora. Foi no Norte, na circunvalação e a minha tia viu. Mas eu não era nascida. Ele [o pai] ficou muito mal, ficou em coma dois meses e tal”.

Quando acordou do coma, a minha mãe disse ‘pois, ele ainda está em coma’ e o médico: ‘Não, ele já acordou, mas está neste estado’. Tipo vegetal e eu fui concebida durante os treinos, para ver se ainda funcionava”, confessou, entre risos.

Durante algum tempo, a relação entre Inês Aires Pereira e o pai foi particularmente difícil, devido à medicação que o progenitor tomava e que o tornou numa pessoa com mau feitio: “Foi uma evolução inacreditável ao ponto de não gostar, de não ter ligação, passar a ter ligação e hoje em dia choro”.

Leia também: Inês Aires Pereira não entrou no Conservatório: “Foi o não mais duro de sempre”

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News