fbpx
TVI

Goucha recusou ir ao funeral do pai: “Não é uma figura importante”

Manuel Luís Goucha
Instagram

Goucha nunca teve uma relação de grande proximidade com o pai e, por esse motivo, decidiu não ir ao funeral dele quando este morreu.

À conversa com Teresa Guilherme, no programa ‘Palavra de Honra’, no YouTube, Goucha revelou alguns pormenores sobre a quase não relação que teve com o progenitor. “Aos três anos, o meu pai e a minha mãe separaram-se e, portanto, não tenho memória nenhuma do meu pai“, explicou. De seguida, acrescentou que o deve ter visto umas 50 vezes ao longo da vida.

No dia em que foi informado de que o pai tinha falecido, Goucha tinha agendada uma viagem a Paris, em França. No mesmo testemunho, contou que ficou sem saber bem se deveria anular a viagem. Contudo, não o fez.

Não fazia sentido eu ir ao funeral do meu pai se ele não tinha sido presente na minha vida e se nada me tinha dito ao longo da vida (…) Fiz a viagem. Não fui ao funeral porque morreu um senhor chamado Goucha a quem devo, em parte, a minha existência, mas não é uma figura importante, não foi um mote no meu caminho“, disse ainda o apresentador.

Leia também: Mulher de Pedro Lima mostra foto da filha e recorda o marido

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News