fbpx
TVI

Goucha inicia o dia com má notícia: “Ajudou a tornar-me no homem que sou”

Manuel Luís Goucha, Audiências, Sério
Instagram

Manuel Luís Goucha tomou conhecimento, esta quarta-feira, da morte de José Atalaya. O maestro perdeu a vida na passada sexta-feira, aos 93 anos de idade.

Na rede social Instagram, Goucha dedicou algumas palavras a José Atalaya e recordou o as várias vezes que com ele conversou no programa ‘Praça da Alegria’, da RTP1. Além disso, sublinhou a importância que o maestro teve na construção do homem que é atualmente.

Leia aqui:

Só hoje soube da morte do Maestro José Atalaya. Conversei com ele várias vezes, ainda eu estava no ‘Praça da Alegria’, e sempre fiz questão de dizer que a ele devia a minha preferência pela música clássica.

Venho do tempo dos grandes comunicadores em televisão e José Atalaya era um desses que nos agarrava ao ecrã com as suas palavras e entusiasmo, no seu particular explicando-nos de forma entendível a função de cada instrumento numa partitura.

Fazia-o como quem conta uma história explicando que a seguir aos violinos a resposta quiçá impetuosa seria a do piano e por aí adiante, fazendo-nos viajar em arrebatadoras paisagens sonoras.

Precisamente há um ano, numa gloriosa noite em Salzburgo, escutando Daniel Barenboim com a Orquestra Filarmónica de Viena, lembrei-me dele e da sua forma de comunicar pedagógica e inspiradora que, sem dúvida, ajudou a tornar-me no homem que sou, amante do Belo. Obrigado, Maestro!” (Manuel Luís Goucha)

Leia também: Polémica! Ricardo Araújo Pereira utiliza programa da SIC para vingança pessoal

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>