TVI

Gabriela Santana sentiu-se «descartável» na relação com César

Numa relação de 5 anos, Gabriela Santana e César Matoso decidam entrar na Casa dos Segredos 7, mas o casal acabou por ser protagonista devido às acesas discussões.

Cá fora, depois de serem expulsos pelos portugueses, os jovens confirmaram o fim da relação e esta semana Gabriela deu uma entrevista à revista TV7 Dias, onde um dos assuntos foi o ex-namorado.

Questionada sobre o que tinha falhado entre os dois, a ex-concorrente afirma: «Temos personalidades muito diferentes, opostas (…) Éramos tão diferentes que não aceitávamos o que o outro era. Não nos conseguíamos aceitar um ao outro. Amávamo-nos, mas tinha aquele lado negativo que era muito grande. Somos muito diferentes e esse foi o grande problema.»

Com o namorado terminado oficialmente desde a publicação do vídeo, o casal só falou na semana seguinte à expulsão de Gabriela, a pedido dela. «Eu não quis falar logo, porque estava uma grande confusão, porque ele tinha feito muita coisa errada cá fora. Deixei passar uma semana e na gala seguinte falámos o que tínhamos a falar e terminou.», confessa a algarvia. Depois disso, César ainda voltou a falar com Gabriela. «Ele voltou a falar comigo no dia em que voltou para O Reencontro e não sei quê… tudo conversa. Eu só lhe disse que queria que ele fosse feliz e mais nada. Ele respondeu-me algo parecido e pronto, nunca mais falámos.»

Gabriela manda mensagem para César

Do que se passou entre a expulsão de César e enquanto Gabriela permanecia na Casa, a ex-concorrente de Quarteira admite que o ex-namorado foi influenciado. «Eu acho que não estava tudo assim tão bem estruturado na cabeça dele. Aquilo foi realmente influência. Tudo o que eu pensava no programa, que era levava como a maluquinha lá dentro, cá fora só me fez ter a certeza. Ele deixou-se influenciar pela família, pelos amigos, pelos fãs, por quem o rodeia. A realidade foi essa, porque nós já tínhamos tido problemas e as coisas nunca foram assim. (…) Magoou-me? Claro que sim. Chegar cá fora e ter sentido tantas facadas nas costas. Senti-me atraiçoada.»

Durante a entrevista, Gabriela foi questionada se César teria ficado deslumbrado, para ela «pode ter acontecido. É possível», acrescentando «Eu sempre aceitei a minha posição nesta relação e na vida dele. Aliás, na nossa relação, eu nunca aceitei muito bem a posição onde ele me queria pôr. Eu não tenho de ser levada como um boneco com quem se pode brincar com os sentimentos. Queria ser levada como uma mulher que o ama. Eu não tinha ciúmes de outras mulheres, eu só não aceitava a posição em que ele me punha nesta relação, em que eu era alguém a puxar para o descartável, que não interessa muito. Isso incomodava-me», conclui.

 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close

A Televisão

GRÁTIS
BAIXAR