fbpx
Big Brother TVI

Entrevista a Ana Barbosa: “Vejo-me a recomeçar por aí. Por baixo. Com o povo”

Big Brother, Ana Barbosa
Instagram

Ana Barbosa esteve à conversa com o A Televisão, esta quinta-feira, e respondeu sem receio às várias perguntas que lhe foram feitas no desafio ‘Já berraste’.

Ana Barbosa, vencedora da edição anterior do ‘Big Brother’, da TVI, esteve à conversa com o A Televisão e respondeu a uma série de perguntas que nunca lhe tinham sido feitas em outras entrevistas. O desafio chama-se ‘Já berraste‘ e ela podia dizer essas palavras sempre que não quisesse responder. Contudo, não rejeitou nenhuma questão.

Alguma vez na casa choraste para chamar a atenção de alguém ou do público?

Não.

Alguma vez mentiste ao Big?

Não.

Quando chegaste ao estúdio, com o António, tu estavas mesmo convencida de que não ias ganhar?

Sim.

Alguma vez pensaste mesmo em desistir?

Não. As pessoas podem dizer que eu disse “não”, mas que queria dizer “sim”. Há uma altura em que tive um ataque de pânico e fui ao Confessionário, porque estava mesmo exausta, mas nunca quis desistir. Estava muito em baixo, mas desistir… Nunca!

Alguma vez duvidaste dos sentimentos ou da amizade do António por ti?

Sim.

Dentro da casa, apeteceu-te bater em alguém?

Não.

A tua parceria com a Ana Morina foi 100% sincera?

Nunca houve aliança. Sempre foi 50-50, pelo menos da minha parte.

A Ana Barbosa intensa é uma personagem?

Não.

Algum dos ex-concorrentes jamais fará parte da tua lista de amigos?

Eu não vou dizer “já berraste”, mas não te posso dizer isso. Eu tenho de ter a oportunidade de conhecer as pessoas melhor. Se tiver a oportunidade, e paciência, eu não sou difícil, até sou fácil, de abertura, gosto de escutar. Se eu tiver paciência, e é preciso que eu também goste da pessoa e ela se identifique comigo, porque não? (…) Mas não é essa a minha prioridade.

Voltavas a entrar no ‘Big Brother’, com os mesmo concorrentes, sem tirar nenhum?

Sim.

Vamos imaginar que ainda estamos em dezembro, aguentavas mais três meses na casa?

Depende das condições. Imagina uma entrada do Ricardo, para me dar um beijinho… Mas acho que não, acho que não. Um mês, sim.

Entravas agora nos ‘Famosos’?

Era capaz de ir lá dar uma perninha.

Algum ex-concorrente te deve um pedido desculpas? E tu deves algum?

Não. É jogo. Se fosse vida real, sim.

Alguma vez tiveste medo de ir a votos?

Nunca.

Tu já fizeste televisão… Gostavas de voltar a fazer televisão?

Adorava. Eu via-me a fazer reportagens no exterior. A perguntar a pessoas o que está a fazer, porquê isto, porquê aquilo. Vejo-me a fazer reportagens. Já na altura do ‘Ri-te, Ri-te’, na TVI, eu fazia isso. Vejo-me a recomeçar por aí. Se tivesse de recomeçar, recomeçava por aí. Por baixo. Com o povo. Eu sou do povo.

Imaginas-te no ‘Somos Portugal’?

Sim, eu sou disso. Sou muito isso.

Se surgir uma chamada da TVI, tu vais?

Sim.

Vamos imaginar que estamos a 31 de dezembro de 2021 e o ‘Big Brother’ chama a Ana Barbosa ao Confessionário. O que é que tu, que estás a falar comigo agora, terias a dizer à Ana Barbosa do dia 31 de dezembro, que ainda não sabia que seria a vencedora do ‘Big Brother’?

Dizia três coisas: primeiro, estiveste super bem, porque conseguiste estar quatro meses fechada numa casa, sem tirares proveito da tua filha e do teu marido. Segundo, foste, muitas das vezes, a alma deste programa. Terceiro, nunca mudes porque, se continuares assim, vais ser uma vencedora na tua vida como sempre foste, porque a tua força de vontade é o que te faz crescer.

Leia também: Ana Barbosa está pronta para encarar o futuro: “Sinto-me super bem…”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>