RTP TVI

“Energúmena” é desta forma que José Carlos Malato reage a reportagem da TVI

Desde a emissão da reportagem de investigação de Ana Leal, onde a jornalista dava conta da existência de um grupo secreto de psicólogos, psiquiatras e padres que se dedicavam à “conversão de homossexuais”, muitas têm sido as vozes críticas face ao comportamento dos profissionais que tentam levar a cabo essas terapias.

Este sábado, dia 12 de janeiro, foi a vez de José Carlos Malato tecer duras críticas a Maria José Vilaça, a psicóloga protagonista da reportagem da TVI.

Malato publicou uma notícia, da qual a psicóloga é protagonista, com a seguinte descrição:

Esta criatura chama-se Maria José Vilaça e é presidente da Associação de Psicólogos Católicos. Segundo a Tvi, realiza terapias de reconversão ou reorientação sexual, recorrendo a consultas com psicólogos, psiquiatras e padres da Igreja Católica que acreditam que é possível mudar a orientação sexual das pessoas. A Ordem dos Psicólogos já se demarcou e criticou esta energúmena. Expulsem-na! Mais uma vez reafirmo a minha convicção de que o acto médico NÃO deve, nem pode, ser contaminado por qualquer convicção religiosa. O juramento hipocrático devia incluir esta cláusula. Quanto do que tem sido construído foi agora destruído com afirmações deste tipo? Quanto sofrimento vai causar, já causou? Que Deus lhe perdoe porque ela sabe bem o que faz! #medicinadecalcutá #sepulcroscaiados#josecarlosmalato

 

De recordar que a Ordem dos Psicólogos demarcou-se este sábado das declarações proferidas pela psicóloga durante a reportagem e no debate que se seguiu à exibição da reportagem na TVI24.

Veja a publicação

View this post on Instagram

Esta criatura chama-se Maria José Vilaça e é presidente da Associação de Psicólogos Católicos. Segundo a Tvi, realiza terapias de reconversão ou reorientação sexual, recorrendo a consultas com psicólogos, psiquiatras e padres da Igreja Católica que acreditam que é possível mudar a orientação sexual das pessoas. A Ordem dos Psicólogos já se demarcou e criticou esta energúmena. Expulsem-na! Mais uma vez reafirmo a minha convicção de que o acto médico NÃO deve, nem pode, ser contaminado por qualquer convicção religiosa. O juramento hipocrático devia incluir esta cláusula. Quanto do que tem sido construído foi agora destruído com afirmações deste tipo? Quanto sofrimento vai causar, já causou? Que Deus lhe perdoe porque ela sabe bem o que faz! #medicinadecalcutá #sepulcroscaiados #josecarlosmalato

A post shared by josecarlosmalato (@josecarlosmalato) on

4
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
JoseJoaoClaudia Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Claudia
Visitante
Claudia

A TVI é irresponsável ….. qual o problema da psicóloga sugerir que o paciente busque ajuda espiritual?! … é tão horrível assim ter Deus no coração e seguir seus princípios?????

Joao
Visitante
Joao

O problema é que quem está errado não quer ter de mudar… mesmo que só se enterre por se recusar a desenvolver as características femininas (se num corpo feminino) ou características masculinas (se num corpo masculino).

Claudia
Visitante
Claudia

Desculpem minha falta de informação… quem é este senhor que fala tantas asneiras ???? Fala sem conhecimento científico nenhum, só defendendo ideologias….

Jose
Visitante
Jose

Ninguêm precisa de entrar em afrontamentos e discuções e nem tão pouco acusaçôes a quem pratica actos sexuais ilicitos.Temos sim que orientar as pessoas quanto ao que Deus pensa, e atua em tais actos sexuais.Diz Deus: Romanos 1: “A ira de Deus se revela do céu contra toda a impiedade e perversão dos homens que detêm a Verdade pela justiça. Diz que Deus entregou esta gente á imundicie pelas concupiscências dos seus corações para desonrarem seus corpos entre si ( homem com homem e mulher com mulher) Pois que mudaram a Verdade de Deus em mentira,adorando e servindo a criatura,… Read more »

ATV News


Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close