fbpx
TVI Cristina Ferreira

Eduardo Madeira defende Cristina Ferreira: “Isto começa a ultrapassar os limites…”

Eduardo Madeira Cristina Ferreira

Cristina Ferreira recorreu à sua conta de Instagram para criticar várias revistas que lhe têm feito ataques nos últimos meses.

Cristina Ferreira expressou a sua indignação através de uma publicação feita nas redes sociais.

“Dizem que não devo partilhar estas capas, que lhes estou a fazer publicidade, que ainda vendem mais assim. Pois….mas já chega. Cansa. E o que é que se pretende? E há alguma punição? O estatuto de figura pública deve permitir estas acusações? Imaginem-se durante meses, anos, a conviver com isto. Fui eu que escolhi esta vida? Fui. Se isso justifica este tipo de agressão? NÃO. Tenho pena. É triste”, escreveu na legenda da publicação.

Eduardo Madeira, atual parceiro televisivo de Cristina Ferreira, também já se pronunciou sobre o assunto nas redes sociais e defendeu a diretora de Entretenimento e Ficção da TVI.

“O Mick Jagger disse uma vez sobre a imprensa: ‘Não quero saber o que dizem de mim, desde que a minha foto venha na capa’. E de facto diziam tudo sobre ele. Que dormia com Londres inteira, que consumia meia Colômbia por festa, que experimentava os lençóis de Bowie e da esposa. Mas ele borrifava-se no assunto. Era uma estrela de rock. No entanto isto começa a ultrapassar os limites“, começou por dizer.

Eduardo Madeira continuou: “Esta mulher não é uma estrela de rock, tem família e isto dói. As capas das revistas hoje são estas. Falsa, ambiciosa, vingativa, mentirosa, etc”.

“Numa altura em que o bullyng está na ordem do dia não será de olhar para isto? Defendo intransigentemente a liberdade de imprensa, mas isto é outra coisa“, acrescentou.

O humorista considera que é necessário colocar um ‘travão’ neste tipo de situações: “Está na altura de, por humanismo, bom senso, altruísmo, empatia ou que lhe quiserem chamar, meter um travão na adjectivação negativa e insultuosa que fazem a esta mulher”.

Não vale tudo. Desculpem, não me queria meter no assunto, mas também não tenho sangue de barata. Mesmo que a Cristina fosse metade do que dizem já se ultrapassou aqui uma linha vermelha. Agora já estão a malhar por malhar. Isto já é bater no ceguinho. Irra, que é demais”, rematou, defendendo Cristina Ferreira.

TVI já reagiu à notícia sobre Cristina Ferreira

«A TVI repudia a notícia de capa de hoje da revista TV 7 Dias baseada em pretensas fontes do canal as quais insinuam o mau ambiente que existe entre a direção de entretenimento e os colaboradores da estação. Estas notícias são fruto de uma campanha negra orquestrada por “fontes” cujo objetivo visa a destruição do bom nome, reputação e projetos que esta Direção tem tomado nos últimos 8 meses.

Mais se lamenta que a revista TV7Dias, pertencente ao grupo Impala, alimente e promova notícias totalmente falsas baseadas em fontes que nunca são identificadas, nem o podem ser, porque tudo o que lá vem referido, são factos falsos, inventados e ficcionados.

Precisamente na mesma semana em que a Diretora de Entretenimento e Ficção da TVI é vencedora de dois prémios (um dos quais atribuído pelo grupo Impala), notamos com estranheza e perplexidade que exista uma notícia que apenas pretende difamar e camuflar os sucessos alcançados.

Por último, importa realçar como resultado do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido por esta Direção, a consolidação e crescimento das audiências por parte da estação.

De janeiro a agosto de 2020, a diferença da TVI para o principal concorrente era de 5.85% e neste momento situa-se em metade deste valor. De setembro de 2020 a maio de 2021, a diferença é de 2,18. Resultados que manifestamente contrariam a narrativa inventada na referida notícia.»

Leia também: Parabéns, Maria Cerqueira Gomes! Apresentadora celebra mais um aniversário

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News