fbpx
Famosos TVI

“É considerado crime”: Os motivos graves da saída de Judite Sousa da CNN Portugal

Duarte Siopa, Judite Sousa

Judite Sousa confirmou ontem ter saído da CNN Portugal. O ‘Manhã CM’ desta terça-feira, 2 de agosto, revelou as verdadeiras razões que levaram a jornalista a sair do canal.

As verdadeiras razões da saída de Judite Sousa foram reveladas esta terça-feira, 2 de agosto, por Duarte Siopa no programa ‘Manhã CM’. Segundo o apresentador, a jornalista esteve cinco meses sem contrato de trabalho e sem receber qualquer tipo de vencimento.

“Esta estação tem sete meses, Judite Sousa esteve cinco meses a trabalhar sem contrato de trabalho e só há dois meses é que teve o contrato assinado. Esta é uma situação que as pessoas desconheciam, mas há muito mais. Quero-vos dizer também que Judite Sousa foi para a guerra sem contrato de trabalho e sem seguro de saúde”, garantiu Duarte Siopa.

“Inclusive, a Judite Sousa… eu soube porque falava com a Judite na altura e eu soube que ela esteve doente, teve que chamar duas vezes a equipa médica ao hospital e teve que andar a pedir dinheiro emprestado ao câmara, porque não tinha dinheiro”, acrescentou o apresentador, revelando ainda outro dos motivos pelos quais a jornalista decidiu abandonar o canal.

“Depois há outra situação de que Judite Sousa foi nomeada, mas só lhe disseram a ela, não disseram às equipas, coordenadora editorial, coisa que as equipas não sabiam, a Judite hoje sente-se uma mulher que foi traída, sente-se uma mulher que sofreu de bullying e sente-se uma mulher que não foi apoiada pela estação e por estes motivos largou a CNN Portugal”, revelou Duarte Siopa.

O painel de comentadores da rubrica ‘Notícias dos Famosos’, composto hoje por Adriano Silva Martins e Filipa Castro mostrou-se em “choque” com a informação.

“Estou boquiaberta, porque a Judite é uma grande jornalista (…) nunca pensei que a estação (…) ir para a guerra sem nenhum seguro de saúde e sem contrato de trabalho”, reagiu Filipa Castro.

“Se acontece alguma coisa na guerra, a Judite tinha perdido qualquer tipo de direito a indemnização”, acrescentou Adriano Silva Martins.

“A Judite esteve sete meses a trabalhar nesta empresa, cinco meses dos quais sem contrato. A jornalista está revoltada como é evidente e a Judite decidiu largar a estação”, voltou a afirmar Duarte Siopa.

“Esteve cinco meses sem ganhar um euro (…) Isto mostra a revolta da jornalista, o descontentamento da jornalista e mostra tudo o que uma estação de televisão não pode fazer. É considerado crime. Judite Sousa esteve sete meses na CNN Portugal, cinco meses dos quais não recebeu qualquer tipo de vencimento. Assinou o contrato há dois meses atrás, foi para a guerra sem contrato de trabalho, sem seguro de saúde, teve bastante doente, não tinha dinheiro”, rematou.

Leia também: Judite Sousa bate com a porta e abandona CNN Portugal

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

1 Comentário

Clique aqui para comentar

  • estes comentadores não respeitam a vida das pessoas. a Judite sabe defender-se sózinha e não precisa de porta voz, espero que ela esteja bem e continue a ser uma grande jornalista como sempre foi,

ATV News

<>