fbpx
TVI

D’Zrt são esquecidos em «Morangos com Açúcar – O filme»

Morangos Filme D'Zrt São Esquecidos Em «Morangos Com Açúcar - O Filme»

Morangos Filme D'Zrt São Esquecidos Em «Morangos Com Açúcar - O Filme»

Com resultados de sucesso em termos de assistência nas salas de cinema por todo o país, o filme baseado na série juvenil «Morangos com Açúcar» está a gerar alguma polémica em torno da ausência de uma referência à banda D’Zrt. Quem dá a voz pelo grupo é Edmundo Vieira, que garante, no entanto, ao Correio da Manhã, «respeitar a decisão» de não ser incluída nenhuma música da banda no filme que marca o expectável final da série.

Apesar disso, o membro da banda refere que «os D’ Zrt são uma referência da série, e, por isso, deviam estar mencionados no filme.» Recorde-se que, de facto, a banda composta por Edmundo, Angélico, Paulo Vintém e Vítor Fonseca conseguiu construir um período de sucesso junto dos mais jovens, tendo inclusivamente gravado um DVD no Coliseu dos Recreios aquando do final da banda.

Contudo, com a trágica morte de Angélico Vieira num acidente de automóvel em 2011, talvez possa estar na origem desta omissão da película cinematográfica. Quem o defende é Edmundo, dizendo que «há sempre receio de fazer menção ao Angélico, por poderem achar que se estão a aproveitar da tragédia». Apesar disso, o cantor defende que «podiam ter usado o filme para lhe fazer uma homenagem».

Recorde-se que as duas outras bandas que surgiram na série juvenil têm presença na banda sonora de «Morangos com Açúcar – o filme», nomeadamente os 4Taste e as Just Girls.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

4 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Acho mal não colocarem uma das músicas deles no filme, desde a “Para mim tanto me faz” à “Verão azul”, que chegou a ser genérico de uma das séries de verão, acho que só ficava bem fazerem referência.
    Por outro lado, eles acabam por estar representados pelo “Zé Milho”, sei que não é a mesma coisa, mas acho que se o Vintém e o Edmundo entrassem, iria tornar-se pior, porque aí sim, era impossível não relembrar o Angélico, e aí viriam as más línguas reclamar que se estavam a aproveitar da imagem do pobre coitado! Enfim, nunca se pode agradar a todos.

  • No fim do filme, quando os “Starberries” (nome horroroso) estavam a gravar o videoclip do “Quando Cantas Comigo” estava lá um ecrã a passar imagens das séries anteriores e viu-se lá o Angélico e os D’ZRT e o Francisco Adam e muitas outras personagens/actores que não entraram no filme. Muita gente pode não ter achado isso suficiente, mas também não se podia pôr tudo num filme 93 minutos.

ATV News