TVI

Debate na TVI24 sobre reportagem de Ana Leal é abandonado por dois convidados

A TVI emitiu esta quinta-feira uma reportagem de investigação assinada por Ana Leal sobre um grupo secreto de psicólogos, psiquiatras e padres da igreja católica que tentam a conversão de indivíduos homossexuais.

A reportagem polémica, com parte das imagens recolhidas através de uma câmara oculta, foi depois do Jornal das 8 debatida na TVI24. O debate contou com a presença de Ana Matos Pires (psiquiatra), Manuel Esteves (do colégio de Psiquiatria da Ordem dos Médicos), Abel Matos Santos (psicólogo clínico) e Maria José Vilaça (psicóloga envolvida diretamente na reportagem), tendo sido conduzido por Ana Leal.

Todavia, a discussão ficou marcada pelo abandono do espaço de debate por parte de Abel Matos Santos, que criticou os métodos da TVI para conseguir as provas que sustentam a reportagem, considerando-os perigosos e “um dos maiores atentados à defesa dos homossexuais em Portugal e das pessoas em geral”.

Maria José Vilaça acabou também por abandonar o debate por considerar que a jornalista Ana Leal fez a grande reportagem com base em mentiras, tendo manipulado a informação e agindo de má fé.

6
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
3 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
5 Comment authors
susete evaristoritaJoaoJ'accusearmandina maia Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
armandina maia
Visitante
armandina maia

Já é um (bom) começo..

J'accuse
Visitante
J'accuse

Só não muda quem gosta de levar na padaria. Há muitos que o fazem porque está na moda.

rita
Visitante
rita

Sinceramente…tenho mesmo pena da parte da população que pensa desta forma nojenta. Se ‘está na moda’ se calhar é porque mais pessoas se sentem à vontade em se exporem de uma forma livre e não condicionada por uma ‘moda presente numa sociedade’ (que nunca foi o caso). É absurdo pensar que a orientação sexual de pessoas seja baseada em ‘modas’, coisa que por definição vai e volta dependendo do uso que a sociedade lhe dá, descartando todo o processo psicológico de dor e medo que pessoas homosexuais sentem num país onde tal tópico é considerado taboo em grande parte do… Read more »

Joao
Visitante
Joao

Ninguém normal acha a homosexualidade normal… toda a gente pressente que é errado, e a explicação é simples: se nasce em corpo masculino é porque tem qualidades masculinas a desenvolver, se nasce num corpo feminino é porque tem qualidades femininas a desenvolver… se decidir contrariar tal necessidade de desenvolvimento e aperfeiçoamento está a opor-se ao seu próprio desenvolvimento e logo a prejudicar-se e aos outros em seu redor. Só apoia quem não entende nada de assuntos espirituais… a desgraça é que a maioria não entende nada de nada, às vezes nem o mais básico.

rita
Visitante
rita

Gostava de saber quem é o ‘toda a gente’ quando se refere a ‘ toda a gente pressente que é errado’, porque certamente que essa afirmação está totalmente incorreta felizmente!! Claro que como a homosexualidade não é algo comum na nossa sociedade, é normal que se estranhe à primeira, agora achar errado só mesmo pessoas que não têm um pingo de empatia e que se recusam a aceitar o facto de que a homosexualidade de uma pessoa não lhe dizer o mínimo respeito mas mesmo assim decidem apontar defeitos negativos sem ponta por onde pegar, e muitas vezes desenvolver ódio… Read more »

susete evaristo
Visitante
susete evaristo

De facto esta senhora usa metodos pidescos para realizar as suas reportagens é mais uma profissional do jornalixo da nossa praça

ATV News