TVI

Daniela Pimenta e o marido apanhados em novas burlas

Na passada semana uma publicação semanal pôs a descoberto o esquema de burlas de Pedro Mourato, marido de Daniela Pimenta, ex-concorrente da Casa dos Segredos e que deixou algumas figuras públicas com muito menos dinheiro.

O ator Pedro Teixeira, António Queirós, vencedor da primeira edição da Casa dos Segredos, Ruben Boa Nova, ex-concorrente da Casa dos Segredos foram alguns dos visados. No entanto, a TV7 Dias descobriu mais uma forma que Pedro Mourato arranjou para angariar dinheiro ilícito. O marido de Daniela Pimenta enganou vários proprietários de estabelecimentos comerciais nas áreas da restauração e papelaria, ao vender máquinas dos jogos da Santa Casa da Misericórdia.

«O Pedro Mourato andou a vender máquinas de Totoloto e Euromilhões. Ele dizia que conseguia arranjar as máquinas e só em Baião e outras zo­nas ali perto sacou de 25 a €30 mil a cinco ou seis pessoas. Mas é óbvio que as máquinas nunca apareceram», contou uma fonte à mesma publicação, informação que foi confirmada por António Queirós.

Pedro Teixeira atraído para negócio milionário. Pode enfrentar a justiça

Em alguns casos, Pedro Mourato fez-se passar por colaborador da Santa Casa da Misericórdia. «Ele enganou-me a dizer que me arranjava a máquina do Euromilhões. Disse que era inspetor da Santa Casa da Misericórdia e trazia uns papéis com o valor da caução. Pediu-nos todos os documentos, o re­gisto criminal, o atestado em como não tínhamos dívidas às finanças, nem à segurança social, tudo. Mostrou-nos o bilhete de identidade e trazia um crachá, um docu­mento de trabalhador da Santa Casa. E depois quando estava aqui fez um telefonema a fingir que estava a falar com alguém de lá de dentro» conta uma proprietária de uma papelaria no Norte do país, que no mês de outubro de 2017 pagou 13 mil euros a Pedro Mourato para se tornar uma mediadora oficial dos jogos da Santa Casa.

Mas a máquina nunca chegou. «Ele tinha-nos dado um prazo de seis meses para trazer as máquinas, e em março, como não sa­bia nada das máquinas, tentei entrar em contacto com ele, mas ele deixou de atender os telefones. Entretanto, em abril, depois de nós termos dito que ía­mos avançar com um processo, veio cá uma pessoa, muito parecida com ele, garantir que as máquinas viriam e que em julho estaria tudo resolvido, mas não aconteceu, e eu vi que era uma burla e decidi mesmo avançar com o processo», afirma a empresária que preferiu manter o anonimato, por conselho do advogado.

A Santa Casa da Misericórdia garantiu à publicação que «não tem nem nunca teve qualquer colaborar com o nome referido». Ao contacto da publicação, Pedro Mourato não quis prestar declarações, prometendo fazê-lo num futuro próximo. Já Daniela Pimenta não atendeu o telefone.

António Queirós da «Casa dos Segredos» foi burlado. Pede agora ajuda

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close