TVI

Dança com as Estrelas: Anamar obrigada a pedir esmola na rua para sobreviver

Anamar nasceu em território nacional mas foi crescendo pelos quatro cantos do Mundo. Foi em Nova Iorque que viveu os primeiros anos da sua vida e revela que, em entrevista publicada pelo Público, há dois anos, a primeira memória que tem dos tempos de escola é a «de um menino chinês, um menino negro, [e] um menino branco a correrem pelos corredores». «Essa é a minha matriz», afirmou a cantora, destacando a importância que o conhecimento do mundo teve na sua formação.

A atual concorrente de Dança com as Estrelas não escondeu a sua sede de, durante a sua juventude, descobrir outras partes do globo, até porque «uma das maneiras de respirar (na altura) era sair frequentemente de Portugal», pelo que, assume: «Até aos 20 e tal [anos], entrei e saí constantemente [do país]». E foi numa dessas viagens que o episódio de mendigagem se colocou.

«Era a sobrevivência de adolescentes numa cidade estrangeira. A experimentar o que era a vida. Fomos pedir na rua. Porque não?», conta a artista. «Confesso que me custou imenso isso. Nunca tinha estado daquele lado. Está-se sujeito a emoções como o desprezo, a ironia, a crítica. Tudo isso nos olhares. Um ato simples como pedir na rua pode suscitar emoções violentas», assegura.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close