fbpx
TVI

Cristina Ferreira ‘abre coração’ sobre possível regresso às manhãs da TVI: “Tenho saudades…”

Cristina Ferreira
Cristina Ferreira/Instagram

Cristina Ferreira abordou vários temas na ‘Cristina Talks’ e um deles foi o seu possível regresso às manhãs.

Cristina Ferreira encheu o Altice Arena, em Lisboa, para a sua segunda conferência ‘Cristina Talks’. A apresentadora falou para 10 mil pessoas presentes na plateia e um dos assuntos prendeu-se à possibilidade de voltar às manhãs da TVI.

“Muita gente diz: ‘Volta, nós precisamos de ti. Volta, eu tenho saudades dos teus programas’. Eu tenho saudades. Nunca como nos últimos tempos eu tive tantas saudades dos programas da manhã”, começou por partilhar. “E tive só por um motivo, porque me fazem falta as pessoas. Porque me fazem falta os nervos de quem se senta à minha frente, e eu devagar lhes tiro a história. Porque me faz falta o brilho que cada um tinha (…) tenho muita falta de conversar com pessoas”, confessou.

“Não é por ter saudades de uma coisa que me foi muito boa, que eu deva voltar. Há coisas que terminam na hora certa. Há coisas que terminam para dar espaço para que as outras venham e às vezes não é logo que as encontramos, é preciso muito caminho”, finalizou a apresentadora.

Noutra altura em que discursou perante 10 mil pessoas, Cristina Ferreira fala em ‘dois anos estranhos’ e afirma que falhou por se preocupar ‘com quem a queria destruir’, não conseguindo ainda perceber como passou de bestial a besta ao decidir mudar-se da SIC de novo para a TVI.

Todos os dias alguém escrevia que a Cristina era a maior, a Cristina consegue tudo. A Cristina ganha sempre as audiências. Era tão fácil, mas hoje não venho aqui fingir. Os últimos dois anos foram… não consigo aplicar a palavra difícil… mas os últimos dois anos foram estranhos“, refere. E explicou as razões para se mudar: “Porque quando eu achei que uma decisão tinha sido a mais feliz… Eu queria muito, aquilo que estava a escolher, isso provocou alguma desilusão nas pessoas”.

Apesar de não se sentir derrotada, fala em mudança. “Acho que a última semana é o fim de um ciclo. Não falarei mais dele porque nós somos o que pensamos. E eu pensei errado durante dois anos. Eu pensei todos os dias em quem me queria destruir e a única coisa em que eu devia ter pensado era no que eu estava a construir“, disse.

Após uma pausa de alguns segundos e a olhar fixa para a plateia, Cristina Ferreira atira: “É por isto que eu tenho que pedir desculpa a todos os que fazem a TVI. Porque vi no olhar deles: ela voltou, nós vamos conseguir, vamos ser capazes… e nós já conseguimos muito, estamos a uma distância de 20 mil pessoas da SIC, o dobro dos que estão aqui. Estávamos a sete pontos de diferença e agora estamos a décimas, custou muito. Se agora quero que no próximo mês a TVI seja líder? Não! Não importa”.

Leia também: Joana Marques assiste à ‘Cristina Talks’ e ‘provoca’ Cristina Ferreira

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News