TVI

Cofina/Media Capital poderão ameaçar pluralismo com concentração de meios

Reprodução TVI

A concretização do negócio Cofina/Media Capital irá levar à fusão de dois grandes grupos de media e originará a duplicação de meios de comunicação, o que poderá provocar uma verdadeira dor de cabeça pela concentração de órgãos de comunicação. 

TVI 24 e CMTV, Record e Mais Futebol são quatro dos meios que irão causar dores de cabeça, no entanto, também se juntam o jornal generalista Correio da Manhã e as várias rádios do portfólio Media Capital (Rádio Comercial, M80, Cidade FM).

O Jornal I avança que a elevada concentração de meios poderá ser o grande entrave da Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERC) para a viabilização do negócio, uma vez que pode ser uma ameaça ao pluralismo. Aliás, fonte próxima do processo sublinha que, hoje em dia, o share da TVI e da CMTV não chega sequer aos números da SIC.

Ao contrário do que aconteceu aquando da tentativa de aquisição por parte da Altice, desta vez poderá não haver oposição à concretização do negócio.

Sobre o negócio em si, a Cofina avançou à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) com a informação de que as negociações continuam a decorrer “sem que exista qualquer acordo”.

Os 30 dias previstos no acordo de exclusividade para as negociações entre a Cofina e o grupo Prisa acabaram por se arrastar, primeiro por causa do preço com as fracas audiências a desvalorizarem o grupo, mas também por causa das eventuais indemnizações que a TVI poderá ter de pagar na sequência do processo ‘Banif’.

Recorde-se que para o Ministério Público “Sérgio Figueiredo [diretor de informação do canal de televisão] previu e quis revelar e divulgar/tornar público tal notícia num meio de comunicação, não obstante saber que o seu teor poderia ser falso e que a mesma seria ofensiva da imagem e competência económica do Banif”.

Já o grupo Impresa, através de Francisco Pedro Balsemão, garantiu estar atenta a “quaisquer alterações neste setor da comunicação social e esta é uma operação que foi anunciada recentemente, mas ainda não há nada de concreto e, enquanto não houver, não vamos poder comentar. Precisamos de saber mais detalhes, de ter mais informação seja em que sentido for”.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita.Apple Store Download Google Play Download

ATV News