fbpx
TVI Big Brother

Cláudio Ramos arrasa comentadores do Big Brother: “Isto é ter zero noção”

Cláudio Ramos
Instagram

Cláudio Ramos elogiou ‘A Pipoca Mais Doce’ e criticou a grande maioria dos restantes comentadores do ‘Big Brother’.

Para Cláudio Ramos, coapresentador do ‘Big Brother – Duplo Impacto’, da TVI, ‘Pipoca’ só há uma. E é esse o motivo de ser ela a estar presente nas galas do reality-show. Quanto aos restantes comentadores, o profissional de televisão considera que muitos deles querem ser “o motivo do comentário“, gostam de “ter atenção” focada neles e acusou-os, até, de vaidade.

Num texto que publicou na revista TV Mais, o comunicador começou por definir o trabalho de um comentador. Refere que é “um trabalho feito com segurança, rigor, cautela, antes de se atirarem palavras contra a parede porque vivem na ânsia de ser mais comentados do que o próprio comentário“.

Depois, elogiou ‘Pipoca’ e disse que ela “não copiou ninguém” e que conseguiu “adaptar o seu estilo ao estilo do programa“. “É impossível não se olhar e perceber que ela criou um estilo para comentar sem se colar à imagem de ninguém. Podem criticar muito, amar, odiar, mas é o estilo dela“.

Ataque aos comentadores do Big Brother

O que acontece depois – e que aborrece – é a falta de criatividade num painel de mais de dez comentadores que vão rodando entre si e que na grande maioria – não todos – não souberam criar uma identidade. Se a Pipoca diz, eles dizem também“, lamentou.

Na maioria das vezes, os comentadores opinam para dentro. E o que é isto de comentar para dentro? É tecerem comentários preocupados com o que dizem as redes sociais e com o que se escreve no dia a seguir na imprensa; preocupados em eles próprios serem o motivo do comentário e muito pouco focados no jogo“, acusou.

Cláudio Ramos acrescentou ainda que “a maioria dos comentadores gosta de ter atenção e esquece-se que os protagonistas não são eles, mas sim os concorrentes“.

Já ouvi de tudo nestes comentários. Já ofenderam concorrentes e os seus familiares, já questionaram a produção, já deram palpites no que faz o ‘Big Brother’. Isto é ter zero noção do trabalho de cooperação de um programa“, atirou.

Isto porque, segundo o apresentador, “os comentários devem ser feitos livremente, mas dentro dos limites que não resvalem para lá do bom senso, ou seja, devem ser comentários a um jogo e não plataforma de vaidade para ver quem aparece mais“.

De seguida, Cláudio Ramos referiu que há “dois ou três que sabem o que estão a fazer e os outros que dão opiniões e que querem ser a ‘Pipoca’“. “Não adianta! Fica mal. É feio. ‘Pipoca‘ só há uma e por isso é ela que está nas galas“, avisou.

O ‘BB’ é ótimo para os concorrentes e é uma tábua de salvação para muitos comentadores que, sem ele, não tinham uma plataforma para se exibirem“, lê-se ainda no texto publicado na revista TV Mais.

Leia também: Tiago Ginga sobre Bernardina Brito: “Agradeço a Deus por ela ser a mãe do meu filho”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

1 Comentário

Clique aqui para comentar

  • O Cláudio ramos tem toda a razão. Algums dos comentadores nem deviam estar ali sentados, e para minha surpresa ,o que faz o Luís Borges no BB? Já não tem trabalho? pois, a vida de modelo é como a dos atores de teatro precisam do público né?

ATV News