fbpx
TVI

Catarina Furtado emociona-se: “Eu ouço as coisas mais duras… tive que parar, para não chorar”

Catarina Furtado
Instagram

Catarina Furtado é a convidada do programa ‘Conta-me’ deste sábado. A apresentadora abre o coração numa emotiva conversa com Manuel Luís Goucha.

Catarina Furtado abriu o coração numa emotiva conversa com Manuel Luís Goucha no programa ‘Conta-me’, da TVI.

Nada, nada, nada é mais forte do que mudar a vida destas pessoas“, começa por afirmar a apresentadora, referindo-se aos refugiados. Questionada por Manuel Luís Goucha sobre as pessoas do meio deles que atravessam dificuldades devido à pandemia, Catarina Furtado comove-se: “No nosso meio Manel, as pessoas… muitas delas não estão bem.

O que é te assusta neste momento na nossa sociedade?” pergunta o apresentador. “O salve-se quem puder, porque quem não pode não se salva“, responde a apresentadora da RTP.

Eu ouço as coisas mais duras… tive que parar, para não chorar, perante a dureza do que eu tenho testemunhado“, acrescenta. “Sou muito mãe galinha, eu quero é que eles percebam o poder deles, o poder para mudar“, nota.

Sobre se a morte continua a ser um dos seus maiores medos, Catarina Furtado afirma: “Tenho medo do dia em que eu já não poder abraçar os meus filhos

Partilhar é a palavra favorita que mais enche a vida de Catarina Furtado.

Leia também: Xana Abreu, a Xana Toc Toc, recorda drama com o pai: “Sabia que ele ia outra vez para sempre…”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News