TVI

Bruno Timóteo sobre participação no ‘Big Brother’: “Não me trouxe nada de bom”

Reprodução Facebook

Ficou conhecido na segunda edição do ‘Big Brother’ que foi para o ar em 2001, na TVI. O famoso pasteleiro de Barcelos conquistou o terceiro lugar, mas hoje confessa que não se inscrevia novamente. 

Bruno Timóteo, tem 41 anos, e recorda a sua participação no reality-show da estação de Queluz. “Aquilo não me trouxe nada de bom”, começou por dizer à TV Guia, acrescentando que só valeu a pena ter participado pela experiência, apesar de lamentar a falta de privacidade.

“A minha vida foi virada do avesso”, disse, garantindo que não se inscreveria outra vez. Hoje,  perdeu o rasto a todos os ex-colegas e não mantém relação com nenhum. Em 2009, voltou às capas das revistas por estar envolvido numa rede de roubos. Foi acusado de um crime de furto qualificado numa sucata em Esposende.

Fazia parte de um gangue com outros 17 suspeitos que praticavam furto qualificado, roubo e tráfico de armas, entre outros crimes. Bruno teve uma pena suspensa de três anos e teve que pagar 2.500 euros a uma instituição de solidariedade. No entanto, este é um assunto que prefere nem se lembrar.

“Esse assunto já foi esquecido”, disse, acrescentando que agora só tem pena de não ser ele “a levar o caso à Justiça pelas injustiças” que diz ter sido vítima. Encontrou a felicidade há 13 anos ao lado da mulher Mariana, com quem casou há 3.  “Já passámos por algumas coisinhas e temos sobrevivido a tudo”, conta, revelando que a mulher não poder ter filhos, uma vez que “não tem útero”.

 

 

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News