fbpx
TVI Big Brother

Big Brother! Bruno Savate faz confissões arrepiantes sobre a depressão

Joana Bruno Big Brother
Reprodução TVI

Bruno Savate viveu uma depressão recentemente e falou sobre o assunto com os colegas do ‘Big Brother’.

Esta segunda-feira, 15 de fevereiro, os concorrentes do ‘Big Brother’ estiveram a conversar sobre os problemas mentais e Bruno Savate decidiu abrir o coração e desabafar com os colegas.

O concorrente entrou nesta espiral depois da morte do seu gato Rocky. Savate falou sobre a forma como se sentiu nessa fase difícil da sua vida.

Isolava-me, fechava-me em casa e não tinha vontade nem sequer de tomar banho. Só tinha necessidade de ter as cortinas e as janelas fechadas e não queria sair de casa para nada. Não tinha vontade de comer, chorava, gritava e estava sempre a pensar no mesmo“, começou por dizer.

Savate continuou o seu relato: “Era daquelas pessoas que dormia mal e, quando acordava, levantava-me para ir vomitar. A minha única cena era não quer sair de casa e querer estar sempre no escuro e os meus pais obrigavam-me a sair de casa. Não queria ver ninguém, não falava com ninguém”.

“Entrei em depressão quando me aconteceu aquilo com o meu gato… Entrei num programa de televisão, o Reencontro, que ainda fez com que ficasse pior. Depois os meus pais levaram-me ao psicólogo que me começou a dar a medicação certa“, disse ainda.

No final, o concorrente do ‘Big Brother’ salientou que os pais foram o seu grande apoio. “Quando saí do programa estava mesmo mal. Só ao final de meio ano é que comecei a recuperar… Os meus pais foram incansáveis comigo… Vou às consultas de meio em meio ano“, concluiu.

Veja os vídeos (aqui) e (aqui).

Leia também: Tony Ramos sobre ‘Tempo de Amar’: “As ações da minha personagem irão surpreender”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News