fbpx
TVI Big Brother 2020

Big Brother! Renato recorda momentos difíceis na primária: “Não gostavam muito de mim”

Big Brother Renato Lagrimas 1

Renato, concorrente do ‘Big Brother – A Revolução’, está a par de Pedro nomeado esta semana. O concorrente recebeu a visita da mãe e a produção voltou a mostrar a curva da vida do jovem.

“Nasci em 98 em Penafiel. A primária não era das melhores coisas. Era gordinho e envergonhado e não gostavam muito de mim”, começou por dizer.

O concorrente falou sobre o andebol: “Eu recebi propostas de três clubes e fui para Águas Santas. Comecei a namorar. Achei que nunca ia dar um beijo na boca. O primeiro ano fui campeão nacional. Foi a melhor coisa da minha vida. Foi a primeira vez que vi o meu pai a chorar”.

“Desculpa por ter deitado tudo por água abaixo. Saí de um treino. Vi a minha ex-namorada com outro rapaz e vi que a abraçou. Fiquei nervoso e rebentei com a montra. Dei um soco e rasgou-me o antebraço todo. Sentia picadas no meu braço. Segurei o meu braço. Abri artérias. Abri veias. Cortei os nervos e perguntei se ia jogar andebol e eles disseram que iam ser quase impossível”, recordou Renato.

O jovem confessa que não consegue esquecer este momento: “Não consigo superar isto. Nunca vou conseguir superar isto. Passado uma semana ela deixou-me. Nunca mais disse nada. Às vezes ficava de joelhos no chão a chorar”.

Algum tempo depois, o concorrente fez fisioterapia e recuperou: “Recuperei e voltei a jogar. A minha entrada no Big Brother foi o que me fez esquecer o dia todo o andebol. Voltei a querer, além de tudo”, concluiu Renato.

Leia também: Soraia do ‘Big Brother 2020’ visita casa e deixa presente muito especial

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News