fbpx
Big Brother TVI

Big Brother: Pai de Sandrina quebra o silêncio e faz esclarecimentos

Sandrina Pratas 4 Big Brother: Pai De Sandrina Quebra O Silêncio E Faz Esclarecimentos

Sandrina é uma das concorrentes do ‘Big Brother 2020’ e a sua história de vida sensibilizou os portugueses. Filha de pai cigano, decidiu não seguir a cultura da família, o que acabou por fazer com que se afastasse do progenitor durante um tempo. Hoje, António Manuel Pratas, ou Manuel Sucateiro, como gosta de ser chamado, garante que tem muito orgulho na filha. 

 Manuel Sucateiro não facilitou a vida à filha. Porém, o amor e o comportamento exemplar dela fizeram-no ver as coisas de outra forma.

O pai da concorrente começou por falar dos seus erros. “É verdade que estive preso“, admitiu à TV7 Dias. Esteve duas vezes na cadeia. Na primeira ficou um ano, por conduzir várias vezes com álcool, e na outra, sete ou oito meses, por cheques sem provisão.

Nega que tenha “matado um homem” ou que esteve “metido com drogas” como veio a público. Quanto à filha ser retirada aos pais para uma instituição esclarece que é mentira. Conta que apenas a mulher foi avisada, pois os dois discutiam muito porque ele andava agarrado ao álcool. Porém, a mulher garantiu que ele não tratava mal Sandrina e ficou tudo resolvido.

Não esconde que gostava que a filha tivesse seguido a cultura, “porque os ciganos resguardam mais os filhos”. Sandrina recusou e agora ele já a entende. Recorda que os problemas começaram porque ele não a deixava sair à noite e depois começou a dar-se mal com a mulher porque apoiava a filha.

A progenitora foi com a jovem para Lisboa e Évora, para esta tirar o curso de cabeleireira, e o casal esteve separado dois anos. Ao fim deste tempo, a participante do reality-show telefonou ao pai a perguntar se as duas podiam voltar para casa e ele aceitou.

Foi nessa altura que percebeu que era importante o amor pela família e não o estar a impor uma lei à filha. Ajudou Sandrina a abrir o salão em Moura e hoje tem muito orgulho. “A Sandrina tem sido uma menina exemplar. Só teve um namorado, que era um bom rapaz … quando se separaram entrou em depressão“, recorda, acrescentando que a ex-sogra da filha não gostou do facto de ela ser de etnia cigana.

Mas o ser cigano não tem mal nenhum, o que conta é o coração, somos todos de carne e osso“, afirma. Não foi do seu agrado ver a filha a participar no reality-show da TVI e até tem recebido vários comentários infelizes acerca isso. No entanto, garante que ainda não viu nada de mal e só lhe pediu que ela não “enxovalhasse” a família. “Já a apoio“, remata.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News