fbpx
Big Brother TVI

Big Brother. Miguel Amorim critica a TVI: “Que mais querem fazer para enfraquecer a Democracia?”

Miguel Amorim Nuno Graciano
Instagram

Miguel Amorim recorreu às redes sociais para criticar a TVI por ter convidado Nuno Graciano para concorrente do ‘Big Brother Famosos’.

Miguel Amorim partilhou um longo texto a criticar a aposta da TVI. O ator não foi brando nas palavras e criticou o canal e Nuno Graciano.

“Acho pertinente perguntar, porque é que Nuno Graciano, candidato do partido Chega à Câmara Municipal de Lisboa, nas últimas eleições autárquicas, é convidado por um dos principais canais da televisão portuguesa, a participar num reality show, que já atingiu 1 milhão e 350 mil audiências, com um share de 28%”, começou por escrever.

“Dirijo-me diretamente aos responsáveis por esta decisão: qual é a vossa ideia? 12 lugares conquistados na Assembleia da República, por parte do Chega, não é suficiente? Que mais querem fazer, para enfraquecer a Democracia? Dar espaço à Extrema-direita é apoiar a Extrema-direita. Onde é que pretendem chegar com esta afronta?”, questionou o ator.

Miguel Amorim foi mais longe e acusou o canal e a TVI de “pôr em causa a Democracia, por audiências e por dinheiro”. 

“No futuro, se o país caminhar para um ditadura, ou algo parecido, podem pôr as audiências, o vosso dinheiro e todas as falsas ondas de solidariedade, para com a merda que se passa no mundo, dentro da almofada com que se aconchegam à noite.  Aos responsáveis por isto: tenham uma boa noite hoje. Com esta linda homenagem a todos os que estiveram envolvidos no 25 de Abril e a todas as vítimas da ditadura, acredito que consigam descansar bem. Acabam de contribuir para o enfraquecimento da democracia. Obrigado”, rematou.

 

Leia também: Big Brother. Sara Aleixo explica ‘gritos esporádicos’ e revela detalhes aos colegas

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

1 Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>