fbpx
TVI Big Brother 2020

Big Brother: Marta Cardoso emocionada com história de vida de Catarina

Marta Cardoso Catarina
Reprodução TVI

Catarina, concorrente do “Big Brother” revelou aos colegas que foi violada aos 12 anos de idade.

Esta revelação foi tema de conversa no “Extra” do programa desta quinta-feira, 30 de setembro.

Para além deste episódio traumático, Catarina já referiu que colocou a casa em que vivia com o ex-namorado à venda e também que sofreu violência doméstica e que o ex-namorado acabou por ser assassinado.

Marta Cardoso deu a sua opinião sobre a concorrente de Fernão Ferro. “Tenho muita simpatia pela Catarina, acho-a um doce. É uma menina que eu gostava de conhecer e gostava de tê-la ao meu lado em muitas circunstâncias, porque a vejo sempre de forma muito subtil a estar ao lado de todos os que vão passando por situações menos boas”, começou por afirmar.

A comentadora continuou: “Ela está lá para ouvir, para dar uma palavra amiga. E tenho pena que a Catarina tenha vindo a aparecer no jogo pelas histórias mais macabras”.

Marta Cardoso mostrou-se chocada com a quantidade de problemas que a concorrente já enfrentou na vida.

“Como é que alguém tão jovem consegue ter um saco de pedras às costas tão pesado e levar a vida com esta ligeireza? Aparentemente ela consegue lidar com isso da melhor forma possível, não é amarga, não é frustrada, não é revoltada, não é rancorosa”, defendeu.

A comentadora residente do “Big Brother” não considera que a jovem tenha aberto o seu coração como estratégia de jogo.

“Primeiro, isto é uma coisa que ninguém no seu perfeito juízo usa como estratégia. Segundo, porque ela revela e é bem explícita que esta era a mensagem que trazia. Provavelmente, o que aconteceu foi que a Catarina, antes que saísse no domingo e sendo este o jogo certo para fazer uma partilha desta natureza, tenha aproveitado para passar esta mensagem”, referiu.

Marta Cardoso reitera a coragem da jovem de 24 anos. “Assim como muita gente vai estar solidária, muitos outros vão questionar muita coisa. Acho que a Catarina foi muito corajosa, tenho pena que não consiga divertir-se e tirar mais deste jogo do que estas partilhas muito pesadas que podem ficar na memória dela como uma catarse mas não como uma coisa divertida e uma experiência única como deveria ter sido”, terminou.

AQUI as imagens

Flávio Furtado elogia prestação da concorrente

Flávio Furtado também comentou a prestação de Catarina, deixando-lhe fortes elogios.

“Se sair no domingo, ela vai sentir que fez mais na história dos realities do que muitos concorrentes que estiveram lá três, quatro meses. Ela trouxe para a discussão pública assuntos que interessam e não as velhas questões das agressões verbais, bullyingbody shaming e do racismo, que eu acho que já é bandeira que alguns levam para se aproveitar da máquina.”, afirmou.

Flávio Furtado é peremptório: “Nos últimos tempos, foi talvez dos assuntos puxados para a praça e que vão fazer discutir e sobretudo dar força a pessoas que passaram pelo mesmo“, acrescentou o comentador.

O comentador salienta ainda que, se Catarina não for expulsa, vai ser muito difícil para o pai porque era o único elemento da família que não sabia da violação.

“Se ela não sair domingo, eu ficaria com uma angústia enorme sem saber como é que o meu pai, cá fora, estaria a reagir depois de ter descoberto pela televisão um assunto tão sério como este“, terminou.

Leia também: Big Brother. Catarina revela que foi violada aos 12 anos: “Eu era uma criança, caramba!”

AQUI o vídeo.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>