fbpx
TVI Big Brother

Big Brother. Maria da Conceição marcada por um passado difícil: “O ambiente em casa era péssimo”

Big Brother, Maria Da Conceição

Este domingo, dia 19, Maria da Conceição, concorrente do ‘Big Brother’ revelou a sua curva da vida.

Maria da Conceição partilhou com os seus colegas da casa e com os telespectadores a sua curva da vida. A concorrente do ‘Big Brother‘ revelou que teve um passado difícil.

“O ambiente em casa era péssimo. O meu pai era alcoólico e batia à minha mãe. A minha mãe sofreu violência doméstica durante 15 anos. Eu era feliz na escola, era quando saia de casa”, começou por dizer.

Após o falecimento do pai — por suicido —, a sua mãe ficou mal. “Cheguei-lhe a dizer que ela gostava mais do meu pai do que de nós. Não entendia como é que alguém podia andar de luto por alguém que lhe fez tão mal. Eu tinha uma mágoa tão grande“, referiu Maria da Conceição.

Depois de se juntar com o seu marido António, a concorrente confessa que não era a melhor pessoa. “Eu como trazia tanta violência de trás, eu depois já não projetei mais para a minha mãe. Eu projetava tudo no António, ele pagava tudo”, sublinhou.

Quando casou com o marido, estava grávida de quatro meses do primeiro filho. “Ele, para mim, é tudo. Se não fosse aquele homem acho que já não estava aqui. Nunca disse ao António que o amava, não consigo dizer esta palavra. Amo-o muito“, contou a concorrente do ‘Big Brother‘.

No confessionário, em conversa com Cláudio Ramos e Manuel Luís Goucha, a concorrente confessa que ainda é muito impulsiva, mas que já perdoou a mãe. “Acho que ela gosta muito de mim. Tenho aprendido muito com a minha mãe”, diz sobre a mãe, que considera “uma grande mulher e uma guerreira”.

Veja a curva da vida de Maria da Conceição:

Leia também: Big Brother. Aurora e Rafael são os primeiros concorrentes salvos pelo público

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News