fbpx
Big Brother TVI

Big Brother. Marco Costa recorda: “A primeira vez que o meu pai me foi levar à escola foi preso”

Marco Costa recordou alguns momentos difíceis da sua vida, nomeadamente o dia em que o pai foi preso.

Nesta quinta-feira, 10 de março, Marco Costa voltou a falar sobre as suas ambições de vida e a vontade de ser pai. Durante uma conversa com alguns concorrentes, o pasteleiro recordou que o pai foi preso quando ainda era muito pequeno.

Eu não sou muito ambicioso, sabes porquê? Um gajo trabalha para o lar que tem (…) Eu trabalho muito sim, para ter estabilidade. Quando eu for pai, vou estar seis anos sem trabalhar, até ele entrar na escola“, começou por dizer.

O meu pai nunca foi muito presente, apesar do meu pai ser a pessoa que eu mais amo na vida (…) O meu pai foi preso quando eu tinha quatro, cinco anos… A primeira vez que o meu pai me foi levar à escola foi preso, então eu quero mesmo… Eu quero ser pai, não quero ter um filho. há uma certa diferença“, continuou.

Marco Costa afirmou ainda que nunca mais responder à questão ‘como é que vês a tua vida daqui a cinco anos’, e explicou o motivo. “Não quero responder, não sei responder, nem sei se estou cá daqui a cinco anos. Há cinco anos, via a minha vida… casado, um filho, um cão…“, disse, visivelmente emocionado.

A verdade é que, na minha vida, tenho um filho que não é meu e outro cão, mas este [Sadik, que adotou com a ex-mulher Vanessa Martins] já não vejo desde julho. Por isso, um dia de cada vez, os meus [entes queridos] bem, não faço grandes planos (…) na vida, tu só te desiludes com o que te iludes“, atirou.

Leia também: Big Brother. Marco Costa promete levar Bruna Gomes a passear por Portugal

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>