fbpx
Big Brother TVI

Big Brother. Laura Galvão critica Marta Gil: “É mesmo só jogo, não há uma empatia”

Marta Gil, Laura Galvão
Instagram

Laura Galvão criticou a postura de Marta Gil, e lamentou que esta não a tivesse deixado ouvir a filha quando estava no programa.

Nesta sexta-feira, 25 de fevereiro, Laura Galvão esteve no programa ‘Goucha’ com Hugo Tabaco e Nuno Homem de Sá. Durante a tertúlia, a atriz teceu duras críticas à postura de Marta Gil no ‘Big Brother Famosos’, e recordou o momento em que a colega recusou um dilema em que Laura poderia ter ouvido a voz da filha.

A meu ver, a Marta não está ali a fazer uma coisa bonita. Aconteceu o que aconteceu comigo de não me deixar ouvir a minha filha e na altura pensei ‘ok, faz parte da pessoa, faz parte do ser’. Entretanto, também disse que talvez considerasse se fosse outra pessoa. Mas ficou tudo bem“, começou por dizer, criticando as atitudes da atriz.

Eu não consigo conceber na minha vida – e agora já consigo perceber porque é que os santos não bateram – uma pessoa que não olha a meios para atingir os fins, e acho que quando a Marta não me deixou ver a minha filha, já tinha alguma coisa congeminada“, acrescentou.

Contudo, Laura Galvão já percebeu que o que Marta Gil faz é puro jogo: “A Marta sabe o que faz, só me apercebi disso agora. Porque lá eu perdoei (…) Quando começo a ver aqui fora como é que ela joga com as outras pessoas, as coisas que ela diz, as picardias, isto não é humano! O que ela fez comigo não foi humano…“.

Vendo o jogo cá de fora, e principalmente com esta última discussão com a Catarina, foi aí que comecei a perceber que a Marta é mesmo só jogo, não há uma empatia, não há uma sensibilidade, isto assusta-me e não acho que seja bom“, rematou.

Leia também: Big Brother. Laura Galvão sobre relação entre Bruno de Carvalho e Liliana: “Ela está completamente castrada”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>