fbpx
Big Brother TVI

Big Brother. Hélder em risco de ser expulso devido a comentário homofóbico: “Portugal acordou revoltado”

Helder Big Brother 2 Scaled Big Brother. Hélder Em Risco De Ser Expulso Devido A Comentário Homofóbico: &Quot;Portugal Acordou Revoltado&Quot;

Hélder teve uma atitude discriminatória que está a incendiar as redes sociais. À conversa com Iury e Soraia, o técnico eletrónico, de 39 anos, afirmou que prefere ser um homem mulherengo a alguém como Edmar (homossexual).

Cláudio Ramos foi chamado de urgência devido a esta situação e falou, em direto, para a casa na tarde desta terça-feira para anunciar a punição do concorrente.

“Eu venho ter uma conversa consigo, que sou muito sincero. Não gostava de a ter”, começou por dizer Cláudio Ramos.

“Eu não sei muito bem se o Hélder tem noção de alguns comportamentos dentro da casa? Lembra-se desta conversa? Se a Soraia não estivesse lá, a conversa devia ter ido até onde?”, questionou o apresentador.

Hélder prontamente respondeu. “Se há pessoas que adoro conversar… Lido com 4.000 pessoas no ginásio e há muita gente que é aquilo que eu ia dizer. Eu adoro esse tipo de pessoas. Não tenho nada contra isso”.

“Não se refira a esse tipo de pessoa. Eu não sou um tipo de pessoa. Eu sou uma pessoa”, afirmou Cláudio Ramos.

“Quando o Hélder está a ter conversas, está a ser filmado. Quando se diz eu gosto desse tipo de pessoas, parece que está a dizer o que não deve dizer. É um comportamento feio, para não dizer homofóbico quando olhou para o Edmar”, referiu Cláudio Ramos.

Hélder tentou justificar-se. “Eu tenho muito amigos que são homossexuais. Eu não gosto de dizer. Eu não gosto de dizer as cores: Aquele é branco, é preto. Não gosto de dizer, não gosto”.

“Você coloca na palavra um peso que ela não tem”, advertiu Cláudio Ramos.

“Quando referi aquilo, apontei e sabia que estava em direto, estamos sempre em direto. A ideia não é para magoar”, afirmou o concorrente.

Cláudio Ramos respondeu à letra. “A desculpa que não é para magoar não serve. Imagine como se sentem todas aquelas pessoas, a olhar de soslaio para o Edmar e vê-lo ser travado pela Soraia. Estou a falar como um apresentador do programa, como espetador, como pai e como homossexual, se quiser”.

Está a magoar pessoas. O Big Brother mandou-me aqui. Quero que perceba. Estão filmados por 56 câmaras. As conversas devem ser descontraídas, mas estão a ser olhadas por toda a gente. Olhe para mim e agora coloque-se. Respire um bocadinho fundo. Concentre-se”, complementou o apresentador.

Cláudio Ramos mostrou algumas imagens a Hélder relativos ao seu comportamento e o concorrente não conteve as lágrimas, no entanto, o Big Brother também teve uma palavra a dizer.

“Hélder, as suas ações nos últimos dias deixaram muito a desejar. No Big Brother as atitudes sexistas, xenófobas, racistas […] são inadmissíveis, tal como na sociedade. São delitos graves a que o Big Brother jamais poderá aceitar. Recordo-lhe que o Hélder e todos os concorrentes estão a ser vigiados 24 horas por dia”.

“Hoje Portugal acordou revoltado com o seu comentário. Vou dar aos portugueses a oportunidade de decidir se querem que o Hélder fique ou seja expulso”, afirmou o Big Brother.

O resultado irá ser revelado na gala de domingo e o Big brother esclareceu que poderão ser expulsas duas pessoas nesse mesmo dia.

“Eu peço desculpa a todos os portugueses. É pena não ter aqui alguns amigos meus. Iriam perceber que sou brincalhão. Eu respeito todo o tipo de pessoas”, afirmou Hélder.

O Big Brother também quis ouvir a opinião de outros concorrentes relativamente às atitudes do colega.

O primeiro a pronunciar-se foi Edmar. “Ele é uma pessoa alegre. Eu sei que não quiseste dizer nada de mal. Eu estou chocado com o Big Brother. Não vai mudar nada do que sinto por ti”, afirmou, dando um abraço ao colega.

Soraia concorda com a opinião de Edmar. “Eu acho que o Hélder não queria falar mal, não queria gozar com ninguém. Foi uma má escolha de palavras. Pareceu-me estranho. Tentei avisar para mudarmos o assunto. Foi uma má escolha de palavras. Eu acho que foi um momento infeliz”, salientou a concorrente.

Edmar decidiu acrescentar algumas palavras. “Todos nós dizemos coisas que não queremos dizer. Sempre e eu acredito que o Hélder não queria dizer nada de maldade. Eu juro, a sério. Consegue ver-se na cara de alguém que está assim. Ele não quis dizer isso”.

Iury concorda com os colegas. “Eu sublinho tudo o que a Soraia falou. Eu sei perfeitamente que o Hélder é um querido, um doce, trata bem toda a gente nesta casa […] Foi um comentário infeliz sem maldade. Foi uma brincadeira infeliz. Foi uma má escolha de palavras”.

Jéssica também se pronunciou sobre uma situação que a envolveu. “O que aconteceu na gala do confessionário. Ele tem sempre aquela maneira de brincar. Eu já tinha falado muito com ele no BB Zoom, ele já tinha aquela confiança. Se calhar eu não teria feito aquela brincadeira, conhecendo a pessoa que ele é, levei aquilo numa brincadeira. Ele é assim. É brincalhão com todos. Quando ele brinca comigo, entra num ouvido e sai noutro”, explicou.

Cláudio Ramos conclui afirmando que não pode relativizar este tipo de situação. “As pessoas são muitas vezes o reflexo daquilo que dizem. As palavras têm um peso gigante. O Big Brother manda dentro da casa e jamais irei permitir que uma situação destas passe sem ser absolutamente resolvida”, concluiu.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News