fbpx
Big Brother 2020 TVI

Big Brother: Edmar e Hélder confrontam-se em direto

edmar-e-helder
Reprodução TVI

Edmar e Hélder conversaram pela primeira vez, frente a frente, sobre a polémica que decorreu dentro do ‘Big Brother 2020’. Os dois confrontaram-se no ‘Extra’ e Edmar confessou que se tivesse visto as imagens teria sido tudo muito diferente. 

“Preferia ser mulherengo do que…”, disse, na altura, Hélder apontando para Edmar. No ‘Extra’, o nortenho voltou a defender-se que tem amigos homossexuais e, por isso, não é homofóbico. Por sua vez, Edmar disse ter a certeza que o colega não o é, mas se fosse hoje teria uma reação diferente. Recorda ainda que o facto dos colegas terem partido na defesa de Hélder não ajudou em nada.

Edmar começou por explicar que foi a correr para a porta receber o Hélder porque “quando estava lá a Sónia disse: ‘Vai lá dar um abraço'”. Gostava de ter falado a sós com o colega no confessionário, sem os outros estarem a opinar. “Não devia estar lá no meio de toda a gente”, disse a Maria Botelho Moniz.

Hélder explicou que já falaram fora da casa e que ficou sempre a pensar que não poderia usar algumas palavras que poderiam ser vistas como ofensivas e até foi bom terem passado as imagens para perceber que ainda há muitos homofóbicos.

“Sim, mas tu não és homofóbico. Eu sei”, respondeu Edmar, garantindo que ele o sempre fez sentir bem. Porém, gostava de ter tido uma conversa a sós, “sem dramas”, pois “as pessoas lá dentro não ajudaram” porque desvalorizaram a situação.

O nortenho voltou a dizer que na altura estava muito à vontade e a com a reação da Soraia “explodiu ainda mais”, deixando-o confuso. Maria concluiu o programa pedindo ao Hélder para completar a frase: “Em termos de orientação sexual, o Edmar é…”.  “Gay”, completou o ex-concorrente, levando a apresentadora a rir e a dizer que não há problemas em dizê-lo.

Veja as imagens aqui

 

 

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News