fbpx
TVI Big Brother

Big Brother – Duplo Impacto. Os concorrentes, cachês e quem não entra

Cláudio Ramos, Teresa Guilherme, Big Brother
Instagram

Já começam a ser definidos os primeiros preparativos e concorrentes para a nova edição de ‘Big Brother – Duplo Impacto’.

Apesar de ainda não ter terminado a edição de ‘Big Brother – A Revolução’, Teresa Guilherme e Cláudio Ramos, têm estado presentes em várias reuniões para decidir o arranque do reality show da TVI no domingo, dia 3 de janeiro.

De acordo com a revista TV Guia, Teresa, a polémica concorrente do ‘Big Brother 2020’, é uma das jogadores certas em ‘Duplo Impacto’. “Ela é uma concorrente forte e que mexe com o jogo. Foi uma das pessoas que foram decididas logo desde o início e que a TVI e a Endemol quiseram logo”, revela uma fonte da produção.

Segundo a mesma publicação, Teresa já deu o “sim” e está tudo certo para a sua entrada na casa mais vigiada do país. Contudo, nesta nova edição, as decisões da produção podem ser alteradas até ao dia da estreia.

A escolha dos novos moradores da mansão da Ericeira têm sido decididos com todo o secretismo e o leque de concorrentes está “nos segredos dos deuses”. Os concorrentes têm sido eleitos em reuniões com Cristina Ferreira, diretora de entretenimento e ficção, Nuno Santos, diretor-geral, e Teresa Guilherme e Cláudio Ramos.

A ideia é fazer um reality show diferente e começa logo pela escolha dos protagonistas de ‘Big Brother – Duplo Impacto’. “Quando se fala em famosos, não têm de ser obrigatoriamente pessoas conhecidas. Podem ser pais de concorrentes, por exemplo. Pessoas que, mesmo fora do jogo, tenham dado que falar. Pode ser o pai da Jéssica, o Pedro. Esse género de concorrentes…”, revela a mesma fonte.

Quanto paga a TVI aos concorrentes de ‘Big Brother’

A TVI quer os concorrentes mais mediáticos dentro da mansão da Ericeira e, para isso, teve de subir mais os valores semanais, de forma, a ter um “sim” dos concorrentes. Os valores oferecidos aos “novos” concorrentes variam entre os 300 e 500 euros semanais.

Big Brother – Duplo Impacto’ terá apenas a duração de um mês e meio, período que poderá ser prolongando caso o formato apresentado por Teresa Guilherme e Cláudio Ramos seja um sucesso de audiências. “Imagine-se que o público quer mais e que nós achamos que merece mais? Assim sendo, pode durar mais”, disse Cristina Ferreira, no dia da apresentação do BB – Duplo Impacto à imprensa.

Para poderem entrar na casa mais vigiada do país em segurança, no dia 3 de janiero, os concorrentes terão de ficar em isolamento já no dia de Natal e manteram-se assim durante a Passagem do Ano. “Vão passar o Réveillon sozinhos num quarto de ho- tel, sim. Durante esse período, vão ser testados várias vezes”, explicou Cristina Ferreira.

Toy não entra no ‘Big Brother – Duplo Impacto’

A imprensa avançou com a informação de que Toy seria um dos famosos a entrar na mansão da Ericeira, contudo, a revista TV Guia revela que não é verdade, acrescentando que nomes como Romana, Carlos Costa, Mónica Sintra e Ruth Marlene, também não estão entre o leque de escolhidos.

Os finalistas do ‘Big Brother – A Revolução’ também já estão excluídos de poderem entrar na nova edição do reality show da TVI. Rui Pedro está em dúvida, devido a um novo drama familiar. Sandra e André Filipe também estão fora do jogo.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News