fbpx
Big Brother TVI

Big Brother. Cinha Jardim e Marta Cardoso defendem Pedro Alves: “Não o crucifiquem!”

Pedro Alves Big Brother. Cinha Jardim E Marta Cardoso Defendem Pedro Alves: &Quot;Não O Crucifiquem!&Quot;
TVI/Site

A frase do concorrente do ‘BB2020’ gerou um coro de protestos nas redes sociais.

A estreia de Pedro Alves no ‘Big Brother 2020’ ficou marcada por uma frase polémica que este disse no casting do programa: “Sou um bocadinho homofóbico”. Esta frase gerou uma enorme onda de contestação na Internet, e até deu origem à hashtag #ForaPedroAlves.

Entretanto, no programa ‘Fora D’Horas’, o extra do reality show da TVI, emitido esta terça-feira, 28 de abril, as comentadoras Marta Cardoso e Cinha Jardim falaram sobre o assunto, e preferiram não fazer, pelo menos para já, juízos de valor sobre o concorrente. “Ao contrário de toda a gente, preferia não crucificar o Pedro Alves já”, começou por dizer Marta.

“Já vi muitos concorrentes, demasiado até, a dizerem coisas que acham polémicas para sobressair. Acho que não vale a pena crucificar uma pessoa já, quando isso vai ser claro a partir do momento em que entrar em casa”, acrescentou, referindo que todas as dúvidas vão ser esclarecidas quando Pedro entrar na mansão e conviver com Edmar, concorrente que é homossexual assumido.

Também Cinha Jardim concordou com a colega, e até descreveu Pedro como um “rapaz muito bem educado” e “bonito”. “Não se pode crucificá-lo completamente. Agora, não havia necessidade de dizer isto. Não vai ganhar nada. (…) Olho para a cara dele e acho que vai dar-se lindamente com o Edmar”, adiantou.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News