fbpx
TVI Big Brother

Big Brother. Bruno aponta o dedo aos cristãos: “São as pessoas mais homofóbicas e racistas”

Big Brother, Bruno Almeida
Instagram

Bruno voltou a falar sobre a discussão que levou à Assembleia da República, devido à doação de sangue, e apontou o dedo à igreja.

Bruno voltou a falar com os colegas sobre a discussão que levou à Assembleia da República, os homossexuais poderem doar sangue.

“Recebi milhares de mensagens de pessoas que doaram no São João do Porto não teve problemas, mas no IPS de Lisboa, foi toda a gente foi humilhada, portando eram coisas que não estavam bem claras, muito por causa do sexo anal sem preservativo”, começou por dizer.

“E houve pessoas que foram despedidas e bem despedidas, e até recebi um e-mail de um gajo da DGS com mentiras.. é tudo ridículo“, acrescentou Bruno.

De seguida, apontou o dedo à religião. “...No mesmo sítio da bíblia, porque isto tudo a ver com a religião de ver os homossexuais como uma perversão, tem tudo a ver com a bíblia”, disse.

“No mesmo sítio que vem ‘não te deitarás com um homem ou acontece não sei o quê’, levas porrada até à morte, diz o mesmo, ‘mulheres que comem marisco, devem ser apedrejadas até à morte, pessoas que usam dois tecidos diferentes, ficar sem mãos‘”, acrescentou Bruno.

“O dormir com dois homens serve… e isto aborrece-me porque as pessoas que se dizem cristãs, são as pessoas mais homofóbicas e racistas e não sabem o livro que andam a ler”, afirmou, revelando ainda que já foi vítima de violência por ser homossexual.

“Em relação à minha profissão, nunca tive dificuldade em arranjar trabalho, sempre correu tudo muito bem. Agora há pequenas atitudes do dia a dia, uma vez fui a uma festa no LxFactory e o meu ex-namorado da altura, que não era de ficar bêbado, mas ficou tipo de caixão à cova”, começou por recordar.

“Então eu estava de braço dado com ele para ir apanhar o Uber ou o Táxi, vêm três palhaços por três ‘caral*o, vocês são maricas’. Podia ser um amigo meu ou um desconhecido, eu estava de braços dado com ele, não estávamos a fazer nada, ele estava efetivamente bêbado. Foi logo ‘paneleiros do caral*o’. Deu-me um chuto no rabo, o meu ex-namorado estava tão bêbado e não percebeu bem a situação…”, rematou.

Leia também: Big Brother. Rui Alves defende Quintino Aires: “Ele parece ser uma pessoa espetacular”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News