fbpx
Big Brother TVI

Big Brother. A história de Marie contada pelo pai: “Não é fácil lidar com ela”

Marie, Big Brother
Instagram

Marie é uma estrela nas redes sociais, mas a vida familiar da concorrente do Big Brother Famosos tem sido marcante. O pai abriu o coração e falou sobre a árdua tarefa de a educar.

Na gala do Big Brother Famosos de domingo, 6 de março, foi emitida a Curva da Vida de Marie, de 20 anos. O pai da concorrente abriu o coração e falou sobre a árdua tarefa de educar a jovem.

A jovem expôs alguns dos momentos mais marcantes da sua trajetória. Dias antes, em conversa com os colegas, emocionou-se ao revelar pormenores da sua adolescência conturbada e assumindo o desejo de pôr termo à vida por diversas vezes. Nos estúdios onde se realizam as galas do reality show estavam Isabel, Marta e José Martinho Gomes, a mãe, irmã e pai de Marie.

Após uma noite emotiva, o progenitor contou como tem sido o percurso atribulado no papel de pai, revelando que a filha sempre foi “uma caixa de surpresas”. “Ela não me surpreende! Agora, se me perguntar como vai ser amanhã ou depois… também deverá ser uma surpresa. A minha postura é estar na retaguarda… Tendo em conta o que já passei, não adianta nada contrariá-la“, começa por dizer à Tv Mais.

Pai de Marie explica que desde cedo percebeu que tinha pela frente um grande desafio para educar a agora concorrente do Big Brother Famosos. “Quando percebi o que tinha entre mãos — nem sei explicar bem —, mas era a minha filha, de quem gosto e por quem sinto orgulho. Eu penso sempre: Bem, é isto que tu queres? E se for, fazemo-nos ao caminho, mas mesmo assim não é fácil. Ela hoje quer isto, amanhã quer aquilo! Não é fácil lidar com ela“, conta.

Na Curva da Vida, Marie reconheceu que o pai é a pessoa que mais a ama. “O meu pai às vezes irritava-se e acabava por me bater, mas também era porque a cabeça dele estava muito cheia. Era muito trabalho. O meu pai é a pessoa que mais me ama. Nunca desistiu de mim”. A concorrente falou de alguns momentos menos bons e recordou as discussões que existirem entre os pais. “A minha mãe deixou de ser fisioterapeuta para ir trabalhar para o talho do meu pai. A partir daí foi muito difícil para ela, e eu percebo. Começaram a partir pratos, aconteciam coisas um bocado más.”

“Sinto que a minha mãe nunca me amou”

Uma das frases mais marcantes da Curva da Vida foi quando falou da progenitora, assumindo que a relação entre ambas nunca foi pacífica. “Sinto que a minha mãe nunca me amou e ela refletiu sempre em mim aquilo que se calhar não conseguiu“, recordou.

Eu era mesmo um anjinho até realmente me revoltar. Não podia usar o cabelo abaixo dos ombros, tinha de usar a roupa que ela usava. A minha mãe dizia que eu não era normal. Sei que ela nunca me aceitou como era, nunca! Fazia-me sentir mal. Sempre me ensinaram que a nossa família são as pessoas que nos vão apoiar mais. E das pessoas que mais me magoou no meu crescimento, mas, ainda assim, eu amo-a.”

Após ouvir este testemunho, Isabel não conseguiu controlar a emoção, mas, a pedido de Cristina Ferreira, acabou por dirigir algumas palavras de apoio à filha.

O pai de Marie falou sobre este assunto: “A Nelinha [nome pelo qual Marie é tratada carinhosamente pela família] falou dos momentos menos bons da infância, mas vamos lá a ver, tentamos sempre dar o melhor a um filho! Não vou negar que lhe dei uma palmada. Fui habituado a uma coisa que é: há respeito! Nós não sabíamos com quem estávamos a lidar. A Nelinha já estava mais à frente, já nos provocava, refere José Martinho Gomes.

“Não estou a culpar ninguém, muito menos os profissionais que acompanham a minha filha e aos quais recorremos. Eu é que fui aos poucos percebendo o que é que tinha ali e disse: Alto, isto aqui há alguma coisa que está diferente! Foi quando percebi que havia muita coisa que não valia a pena“, acrescenta o pai de Marie.

Qualquer pai ou mãe, quando vê o comportamento de um filho a alterar-se, fica atento e impõe limites! E se isso não funciona e os limites são ultrapassados, o que é que se faz? É que ela desesperava-me. A Nelinha com 12, 13 anos… eu questionava-me: Mas o que é isto?“, recorda o pai da concorrente do Big Brother Famosos.

O pai de Marie confessa que a filha mais nova era um desafio constante. “Ela não se voltava contra nós, mas se ouvia um não, mantinha a atitude dela, não comia e fechava-se no quarto. A Marta, a minha filha mais velha, não nos fazia nada disto. Nós pensávamos que da forma que educámos uma a outra seria semelhante e que as coisas se resolviam assim. Percebemos que havia alguma coisa que não estava bem, mas a culpa não era nossa, pais. Quer uma como a outra tiveram tudo! E às vezes pensamos que se calhar o problema foi terem tido demais”, explica o progenitor.

A dada altura na Curva da Vida, Marie revelou que entrou em depressão. “Comecei a ficar com uma depressão no 5.º ano, que foi quando comecei a sofrer de anorexia. É muito triste dizer, mas queria destruir-me. Tornei-me assim porque só queria ser feliz”. Na quarta-feira, 2 de março, a concorrente comoveu os colegas do Big Brother Famosos com uma confissão: “Desde muito nova que tenho muitos problemas, que tentava cometer o suicídio. Sempre foi muito difícil para mim ter força de viver, de gostar de viver. Gostava de fazer as pessoas gostarem de viver, mas nunca me senti feliz“.

Martinho confessa não ter ficado surpreendido com as revelações da filha. “A Nelinha não guarda segredos, ela conta tudo, como se pode ver, é muito transparente. O tema relacionado com o suicídio não foi novidade para nós, essa foi uma das questões que sempre tentámos perceber. Vivemos numa freguesia pequena, mas é desenvolvida, temos aqui tudo, estamos numa zona privilegiada, não é uma aldeia, como se calhar muita gente está a pensar. Costumo dizer — e acho que não estou a exagerar —, porque nós já andámos em psicólogos, psiquiatras, pedopsiquiatras, que, para mim, ela é genuína!”, afirma o pai de Marie.

O que vai no pensamento de Marie, nem sempre foi fácil de decifrar, garante o pai da concorrente do Big Brother Famosos. “Tenho dificuldades de contar, porque não sei se me entendem. As vezes está bem, outras vezes mal, aquilo são momentos. Ela sempre quis mais… O mundo da televisão, era isso que ela queria“, revela.

E acrescenta: “Ela transforma-se… Quando está em baixo, isto é, está no fundo do poço, tenho de ir lá buscá-la para cima. De repente, ela começa a fazer um vídeo — e eu vou espreitar, mas não estou sempre nas costas dela nem a exigir nada… Se num momento está tão em baixo, no outro já não se passa nada, ela muda logo, porquê? Está no mundo dela e fica tudo bem“.

“Rapazes não lhe faltam, ela tem muitos amigos”

Aos 20 anos, a estrela do TikTok assumiu que nunca manteve uma relação amorosa. “Nunca me apaixonei na minha vida! Nunca me permiti fazê-lo. Só pela minha ovelha. Quero ter uma vida estável, sustentar-me, ser feliz e poder ser a melhor versão de mim ao lado de outra pessoa.

Pai de Marie revela que a filha nunca apresentou um namorado à família, mas garante: “Ela tem muitos amigos rapazes, se calhar até demais! Tem muitos amigos, não é uma miúda isolada, muito pelo contrário. As vezes, sai só com rapazes… acho que isso de ter namorado só a ela diz respeito. Sei que rapazes não lhe faltam, pelo menos amigos“.

Leia também: Big Brother. Sara Aleixo ‘passa-se’ e recusa ir ao jantar das mulheres: “Não posso, não vou…”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>