fbpx
Big Brother TVI

Ana Maia e a sua prestação no ‘Big Brother’: “Fui começando a ser o elo mais fraco e a ser massacrada…”

Ana Maia
Big Brother/Instagram

Ana Maia foi uma das concorrentes que abandonou casa da Malveira na noite deste domingo, dia 25 de setembro.

Ana Maia e o seu companheiro, Daniel Oliveira, foram os escolhidos pelo público português para abandonarem a casa do “Big Brother”, numa noite marcada por uma dupla expulsão. A concorrente de Braga somou 37% dos votos, enquanto a sua cara-metade foi ao duelo final com Miguel Vicente e arrecadou 73%.

Depois de na manhã desta segunda-feira, dia 26 de setembro, Ana Maia ter estado no ‘Dois às 10’, da TVI, para comentar a sua prestação no jogo, a atriz e administrativa conversou com os jornalistas e confessou que estava à espera de sair. “Estava à espera porque lá dentro sentia que estava a ficar com o rótulo da ‘apagadinha’. Com o jogo dos meus colegas acabei por ficar um bocadinho fechada. Tenho pena de ter sido pouco tempo, mas foi justo”, afirmou.

“Fui começando a ser o elo mais fraco e a ser massacrada. O Daniel começou a ser associado à minha forma de estar. Tive pena por ele levar um bocadinho com as culpas”, afirmou ainda.

De seguida, a Ana Maia acredita que Miguel Vicente é um jogador forte. “Há muito jogo lá dentro. Sinto que o Miguel esteja a jogar com unhas e dentes. É muito para além daquilo que vemos. É muito boa pessoa, é um bebezinho, mas sinto que está a fazer jogo. É chamar a atenção, dar um bocadinho de canal”, afirmou.

A ex-concorrente do ‘Big Brother’ esteve também no ‘Dois às 10’ e fez um balanço da sua experiência no reality show. “Na minha primeira semana, entrei como eu queria. Depois na segunda-feira tive um desafio em que tive presa a bola, sempre com aquela bola várias horas, e senti que o grupo já se estava a conhecer, a criar empatia um com os outros, e eu fiquei ali”, disse.

“A única pessoa que já conhecia, o Daniel, estava ali comigo. E então senti que não apanhei o comboio ao mesmo tempo que eles e depois foi mais difícil integrar no grupo”, acrescentou.

Rotulada como “planta e mais apagadinha”, Ana Maia, desabafou sobre os dias que passou na casa do ‘Big Brother’ e assumiu que nem sempre foi bem-recebido pelos colegas. “Era sempre mais difícil eu acordar, ser mais divertida, dar a minha opinião. Porque achava às tantas que havia ali momentos em que queria dar a minha opinião, queria ser mais eu, e o grupo já se estava a fechar um bocadinho. Senti que depois, a certo momento, já estava a ser massacrada […] Sentia que era um bocadinho abafada, eles falavam por cima de mim. A partir desse momento, comecei a ser o elo fraco”, rematou.

Veja aqui o vídeo.

Leia também: Big Brother. Após expulsão, Ana Maia reage: “Não estava ali para falar mal nem arranjar intrigas…”

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News