fbpx
TVI

Actriz quer pausa nas novelas

Alexandra Lencastre quer fazer uma pausa nas telenovelas, confessa a protagonista de ‘Fascínios’.

“Não gostaria de voltar a fazer outra novela tão cedo”, afirmou a actriz quando falava da personagem na série ‘Equador’, uma grande aposta da TVI. “Não sei que planos a TVI tem e se me pode integrar como actriz nalguma série ou projecto de ficção. Além disso, gostaria de apresentar um programa, algo que foi falado desde o convite para eu fazer parte da estação.”

A ‘Maria Augusta’, personagem de Alexandra Lencastre na série ‘Equador’, adaptada do livro homónimo de Miguel Sousa Tavares, foge totalmente aos papéis sensuais que costuma desempenhar.”Ela é uma mulher que está desabituada de ser feminina. É destituída de qualquer sensualidade”, revela a actriz.

“Faço parte do elenco secundário. Tenho um papel pequeno, mas decisivo na recepção do protagonista, Filipe Duarte”, frisa Alexandra, revelando:”Como sei montar a cavalo, não preciso de aulas. O que a produção não previa, mas eu quero é aprender um pouco de crioulo, para dar mais credibilidade à personagem, que é são-tomense, embor afilha de pais portugueses”, adianta Alexandra.

A descrição de ‘Maria Augusta’ no romance até é “de feições rudes”, especifica a actriz. “Não terei maquilhagem e vou cortar as unhas rentes. Mas adoro mudar!”, refere Alexandra Lencastre, defendendo a importância da “versatilidade dos actores”.

A actriz confessa ter dito a José Eduardo Moniz, director-geral da TVI, “não querer fazer sempre de sedutora, de mãe ou, até, de avó”.

SENSUALIDADE MARCA PAPÉIS

Requinte, elegância e sensualidade têm marcado as personagens interpretadas por Alexandra Lencastre na ficção nacional. Na novela ‘Ninguém como Tu’, exibida pela TVI em 2005, a actriz cativou as audiências com o esplendor do desempenho e o requinte do guarda-roupa e da maquilhagem. Nesta produção, ‘Luiza Albuquerque’ afirmou-se como um marco na dramaturgia da TVI. Em ‘Fascínios’, em exibição, Alexandra Lencastre volta a destacar-se pela elegância no papel da vil㠑Margarida’.

Da mesma forma se salientou na série juvenil ‘Ana e os 7’, como a governanta bonita e curvilínea que nunca perdeu a pose, mesmo com a difícil tarefa de disciplinar sete irrequietos órfãos. Até em 2006, no papel de ‘Fátima’, em ‘Tempo de Viver’, com o neto ao colo, a personagem manteve o fulgor e a sensualidade.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News