TVI

Acidente: Pais de Angélico Vieira condenados a pagar indemnização

Após vários anos de luta em tribunal, os pais de Angélico Vieira, ex-Dzrt, foram mesmo condenados a pagar uma indemnização a Armanda Leite, a jovem modelo que viajava no carro do músico e que ficou com danos irreversíveis após o sinistro que matou o ex-moranguito em plena A1.

Sete anos volvidos desde o fatídico acidente, Filomena e Milton Vieira, mãe e pai do músico e seus herdeiros por direito, serão obrigados a pagar 552 mil euros a Armanda Leite, mas este não será o único valor a ser recebido pela jovem que será também ressarcida em partes iguais até ao montante de 1.5 milhões de euros por parte do stand Impocar de Vila do Conde, de Augusto Fernandes e do Fundo de Garantia Automóvel. Recorde-se que foi o stand vilacondense que emprestou o carro BMW 635 descapotável sem seguro válido que vitimou o ator e músico.

Os pais de Angélico já tinham sido absolvidos pelo Tribunal da Relação de uma outra condenação para o pagamento de uma indemnização no valor de 1.5 milhões de euros à jovem modelo.

O músico morreu a 28 de junho na sequência do acidente de viação na A1, na madrugada de 25 de junho de 2011. Com ele seguiam três amigos num automóvel topo de gama a 240 km/ hora na altura do despiste, na zona de Estarreja. Angélico Vieira  e Hélio Filipe, que seguia no banco de trás, perderam a vida. Já Armanda Leite ficou com 98% de incapacidade, tendo o quarto ocupante saído ileso do acidente.

ATV News