TVI

255 milhões. Negócio Cofina e TVI fechado

A Cofina vai mesmo comprar o grupo dono da TVI. A informação está a ser avançada pela imprensa que garante que para o lançamento da Oferta Pública de Aquisição (OPA) faltam apenas ultimar questões de índole jurídica, numa operação que avalia a Media Capital na casa dos 255 milhões de euros. 

A operação não envolverá apenas o grupo Cofina com o empresário Mário Ferreira e o banco espanhol Abanca a garantirem o êxito da operação. Haverá ainda lugar a financiamento bancário do Santander e da Société Générale, de acordo com o jornal ECO.

Depois de definidos os pressupostos jurídicos, a Cofina anunciará a OPA sobre a Media Capital, podendo ocorrer já na próxima semana.

Ora, o desfecho da operação, que de acordo com o compromisso assinado entre a Prisa e a Cofina deveria estar fechado este fim-de-semana, foi marcado por vários casos que causaram desconforto em torno do negócio. Depois de ter sido dada como garantia a ingerência da IURD e de Isabel dos Santos no processo, eis que foi avançada com a imposição do despedimento de Judite de Sousa e José Alberto Carvalho, algo negado categoricamente pelas fontes do jornal ECO.

A fusão dos dois grupos irá transformar o setor media em Portugal, com a Cofina/Media Capital a transformarem-se no gigante de media em Portugal.

De acordo com as contas feitas pelo ECO, os dois grupos faturaram em 2018 cerca de 270 milhões de euros. A título de comparação, sublinhe-se que o grupo Impresa amealhou 172 milhões de euros.

Tags
Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita.Apple Store Download Google Play Download

ATV News