João Emanuel Carneiro fala do processo de criação de uma novela

01 Janeiro 2015
Adicionar comentário

João Emanuel Carneiro

Muitas são as notícias que têm saído na imprensa relativas à nova novela de João Emanuel Carneiro. Contudo, apenas agora o autor vem falar em público acerca de Favela Chique, o seu novo projeto que chega no segundo semestre de 2015 e que tem como responsabilidade manter o desempenho de Avenida Brasil.

Foi em entrevista ao jornal O Globo que o autor falou do processo de criação de uma novela, em especial esta, à qual está já dedicado desde há um ano e meio. «Novela é improviso, sempre será, mas tem maneiras e maneiras de se improvisar. Prefiro ter um pouquinho mais de base, de segurança. Tem autores que não gostam de saber como será o amanhã. Eu parto como se fosse para uma guerra. Tenho várias possibilidades para saber como seguir. Eu não estou diante da página em branco. Isso me faz saber a história que quero contar», referiu.

Um dos aspetos que o autor valoriza é o gosto por «trazer a dubiedade dos personagens. O público evoluiu muito, se tornou um grande especialista em novelas. O telespectador já viu muitas tramas e quer se surpreender. As pessoas querem ser um pouco contrariadas, ou melhor, provocadas, às vezes»

É desta forma que João Emanuel Carneiro encara o processo de criação de uma novela e destaca, realmente, a evolução do público quando está a acompanhar uma novela. Favela Chique chega em 2015.

Artigo seguinte
Adicionar comentário