fbpx
Globo

Fernanda Montenegro responde a críticas homofóbicas e ameaças de boicote a «Babilônia»

Babilonia Globo161 Fernanda Montenegro Responde A Críticas Homofóbicas E Ameaças De Boicote A «Babilônia»

Babilonia-Globo161

Foi no primeiro episódio de Babilônia que foi emitido um beijo lésbico entre as personagens interpretadas por Fernanda Montenegro e Nathália Timberg e, desde logo, surgiram críticas homofóbicas e ameaças de boicote por parte da Frente Parlamentar Evangélica. Este partido com representação no Congresso Brasileiro emitiu um comunicado onde acusa a Globo de ter «a clara intenção de afrontar os cristãos nas suas convicções e princípios». O deputado João Campos, líder do partido, vai mais longe e diz que esta cena visa «disseminar a ideologia de gênero, atacando diretamente a família natural». O comunicado termina com um convite «a todos os cristãos» a deixarem de acompanhar Babilônia.

Fernanda Montenegro veio já, entretanto, responder às críticas e ameaças de boicote à nova novela das nove da Globo. Em declarações à Veja, a conceituada atriz começa por dizer: «tudo está muito extremado, e as coisas estão se radicalizando de uma forma muito desesperada. A reação ao beijo é moral, e a cena é julgada com a verdade divina, absoluta». «Não pertenço aos exércitos que estão se formando por aí. Não precisamos desses exércitos. É uma caça às bruxas o que estão propondo, de todos os lados», acrescentou numa alusão a outros tempos de repressão na história mundial.

A veterana atriz vai mais longe e fala da situação do Brasil. «O beijo que está dando essa confusão toda é um beijo casto, amoroso, sem desafio erótico ou didática. É uma demonstração de carinho. Por isso, digo que não tenho capacidade de analisar esse momento. Percebo que temos problemas muito mais graves. O país está enfrentando uma crise bastante vivida e sentida, e tem gente disposta a se voltar contra o beijo de duas atrizes de quase cem anos de idade dado dentro de uma relação sacramentada pela vida afora».

«A homossexualidade sempre esteve presente nas novelas da Globo. E esteve presente na vida real também, não é mesmo? Hoje em dia existe o casamento, a lei permite que casais homossexuais adotem crianças. Está aí, para todo mundo ver. Estou inventando isso? Não! Por isso, vai haver um casamento sim das duas senhorinhas da novela, que estão juntas há 40 anos. É algo extremamente delicado e amoroso. Jamais teve a intenção de ser algo agressivo», reforça Fernanda Montenegro.

Perante a possibilidade de haver mudanças no enredo de Babilônia, Fernanda Montenegro é peremptória, «se não tivessem me chamado e eu lesse esse roteiro, eu teria me oferecido. De qualquer forma, mesmo que a novela mudasse, uma coisa é irreversível: o que foi apresentado até aqui já faz parte da história e da cultura e dos movimentos políticos do país».

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News