fbpx
SIC

Teresa Paula Marques recorda Supernanny: “Um tsunami que caiu em cima de mim”

Teresa Paula Marques, Supernanny
Instagram

Teresa Paula Marques gravou sete episódios, mas só dois é que foram para o ar.

Teresa Paula Marques lançou recentemente ‘Odiolândia‘, livro que procura explicar temas como a criação de polémicas e de onde é que vêm os ‘haters’. Em entrevista ao Notícias ao Minuto, recordou o programa ‘Supernanny‘, que conduziu na SIC, no início de 2018, mas que foi interrompido devido às muitas críticas de que foi alvo.

Estreou o programa, estava tudo muito alegre… No dia seguinte foi como um tsunami que caiu em cima de mim“, recordou.

Estava à espera de críticas? Estava. Há sempre pessoas que gostam e outras que não. Respeito que as pessoas não tenham gostado, agora, isso não lhes dá o direito de arranjarem um bode expiatório e desviarem o foco das críticas para mim“, continuou.

Teresa Paula Marques gravou sete episódios, mas só foram emitidos dois: “As famílias desses dois episódios ainda se dão comigo. Estávamos todos estupefactos com aquilo. Tanto que depois comecei no ‘Queridas Manhãs’ e todos os dias tinha comentários de haters. Também chegaram a pôr em causa as minhas qualificações académicas e isso magoou-me“.

Para ultrapassar a situação, a psicóloga enfrentou de frente a situação: “Nunca deixei de fazer a minha vida normal, de ir trabalhar, ir ao centro comercial, etc. Apoiei-me também nos meus amigos. Cheguei a um ponto em que pensei: não posso perder a noção de que não fiz mal a ninguém, porque querem fazer-nos acreditar que somos uns monstros“.

Leia também: ‘Pipoca’ fala sobre futuro da vida amorosa: “Quero acreditar que me vou apaixonar…”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News