Famosos SIC

Sofia Lisboa: “[O aborto] não se esquece”

Sofia Lisboa esteve esta segunda-feira à conversa com Júlia Pinheiro no programa da tarde da SIC, onde recordou a grave doença que mudou a sua vida.

A trágica notícia de que tinha leucemia surgiu quando estava grávida de 14 semanas, do seu primeiro filho.

“Quando ouvi o tom da minha médica ao telefone o pior que eu pensei foi: há qualquer coisa com a criança. Longe de mim imaginar que não só a criança estava condenada, como eu própria”, recordou a ex-vocalista da banda Silence 4.

Depois de conhecido o diagnóstico, Sofia teve de lidar com a possibilidade de interromper a gravidez. A situação complicou-se e devido aos nervos acabou por ter um aborto. “Não se esquece”, confessou Sofia ao relembrar o momento de sofrimento.

“O aborto foi durante a noite, de manhã acabaram a aspiração e de tarde já estava a fazer quimioterapia”, revelou.

A sua família estava preparada para o pior cenário. Mas Sofia respirou de alívio quando soube que a irmã era compatível, podendo doar-lhe a medula. O problema é que veio antes do transplante: Sofia ficou em coma induzido, correndo risco de vida. 

Contrariando tudo o que de pior se previa, a ex-vocalista recuperou, fez o transplante e sobreviveu. Apesar disso, foi obrigada a redobrar a medicação e viu o seu corpo inchar. Como consequência, Sofia sofreu um grande aumento de peso e um crescimento de pelos por toda a parte.

Mesmo enredada num mar de negatividade, Sofia Lisboa conseguiu dar a volta à situação. Por agora não pode trabalhar devido à pensão por invalidez que lhe foi atribuída durante os três anos em que esteve hospitalizada. Mas a cantora não desistiu do sonho de continuar a cantar.

Ainda que não possa receber os direitos pelas músicas que gravou, Sofia Lisboa vai apresentar, no próximo dia 12 de abril, um novo espetáculo, ‘La Bohéme’, marcando o seu regresso aos palcos.

ATV News