SIC

SIC lança comunicado oficial sobre o caso ‘Miguel Castro’

A SIC emitiu um comunicado no qual garante que só depois de Miguel Castro ter participado no ‘Programa da Cristina’, no final de setembro, é que o canal foi informado sobre o embuste criado por este homem.

Entretanto, Miguel Castro, que é suspeito da prática de abusos sexuais sobre menores, participou ainda em ‘O Carro do Amor’ e foi um dos convidados do formato conduzido à tarde por Júlia Pinheiro. Por essa altura, vários internautas procuraram avisar a SIC sobre o tipo de pessoa que ele é. No entanto, fizeram-no através de comentários nas redes sociais e ninguém no canal os terá lido.

Só já no final do mês de setembro, depois de Miguel Castro ter participado em ‘O Programa da Cristina’, é que a SIC recebeu informação detalhada sobre o mesmo, tanto por telefone como por correio eletrónico.

A estação de Paço de Arcos já se pronunciou oficialmente sobre esta polémica.

COMUNICADO DA SIC:

“Miguel Castro foi um dos inscritos no casting do programa ‘O Carro do Amor’, tendo participado como um dos concorrentes. Este programa terminou em março e nunca até essa data a produtora Fremantle ou a SIC foram contactadas por alguém com informação sobre o concorrente.

À semelhança do que fez com outros candidatos ao ‘Carro do Amor’, o programa ‘Júlia’ convidou o concorrente Miguel Castro, num programa emitido a 16 de abril. Também por essa data, nem a produtora Fremantle nem a SIC receberam qualquer contacto sobre o convidado.

A 27 de setembro, ‘O Programa da Cristina’ convidou Miguel Castro, com base na sua história de vida: terá vivido uma infância sem amor e pautada por maus-tratos. Depois de ter sido retirado ao pai e à madrasta (que, segundo o próprio, o atirou pela janela), morou um ano no hospital e, mais tarde, passou por duas instituições.

No seu procedimento habitual antes do programa, ‘O Programa da Cristina’ contactou uma das instituições e a madrinha dele, numa delas, confirmou a história, que levou a avançar com o convite de Miguel Castro para o programa.

Nesse dia, 27 de setembro, e só depois de ‘O Programa da Cristina’, o atendimento da SIC foi contactado por uma telespectadora, que referiu que o convidado Miguel Castro estava indiciado por pedofilia.

Desde que recebeu esse e-mail, a equipa de ‘O Programa da Cristina’ investiga o tema para perceber os contornos da acusação e se existe matéria editorial para algum conteúdo adicional no programa”.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita.Apple Store Download Google Play Download

ATV News