fbpx
SIC

Rute Palas de ‘Hell’s Kitchen’ confessa tudo: “Fui tão massacrada pelo Ljubomir”

Hell'S Kitchen Ljubomir Stanisic Rute Palas

Rute Palas, concorrente de ‘Hell’s Kitchen’, da SIC confessa tudo em entrevista a uma publicação semanal. A cozinheira de Grândola revela que foi massacrada por Ljubomir Stanisic.

Rute Palas, concorrente de ‘Hell’s Kitchen’, garante ter sido atacada pelos colegas do programa da SIC e que fechou-se no quarto. A cozinheira de Grândola diz ainda que não beneficiada por já ter cozinhado para Ljubomir Stanisic e que este a massacrou durante o formato.

A concorrente, de 41 anos, afirma à TV Guia que nunca pensou em desistir, nem mesmo quando terá sido atacada pelos colegas. “Ouvi coisas que não vou revelar… Apanhei um grupo de pessoas a dizerem mal de mim. Nunca tiveram coragem de me dizer na cara. Eu fiz questão de abrir a porta. Estavam dentro de um espaço, a dizer mal de mim, abri a porta e disse-lhes: ‘Se calhar, cheguei na hora certa!’. Todos se calaram.”

A concorrente admite que sentiu a inveja dos colegas, em especial por ter chegado mais longe no programa, onde nem a própria acreditava conseguir chegar. “Nunca fui muito de competir. Irritava-me a maneira de ser de certas pessoas… Os egos muito grandes, não serem frontais… Gostarem muito de apunhalar os outros pelas costas. Guando comecei a sentir certas coisas…”, afirma.

De seguida, explica como mudou a sua postura na reta final de ‘Hell’s Kitchen‘. “Vou ser muito sincera: fiz as refeições com eles até certo ponto, depois comecei a reservar-me. Às vezes, fazia a comida e deixava-a feita para eles. Pegava no meu pratinho e ia comer para o meu quarto. Houve uma altura em que o meu quarto era o meu melhor amigo”, afiança Rute Palas.

A concorrente alentejana explica que sabia ao que ia, quando se inscreveu no ‘Hell’s Kitchen’. “Não fui lá para fazer amigos. Fui à defensiva, é natural. Fui para um concurso de cozinha, para aprender, cozinhar e esse objetivo atingi-o. Se fizesse amigos, era um acréscimo. Dali ficaram para a vida a Rafaela, a Daniela, o Rafael, o Diogo e o João Parreira”, confessa Rute Palas, admitindo que não tem rancor a quem lhe terá desejado mal: “Não eram muitos, mas eram alguns. Eu encaixo bem.  Digam mal ou bem, é sinal de que estou viva.”

Favorecimento de Ljubomir Stanisic

Depois das polémicas por causa do alegado favorecimento de Rute Palas, por já ser conhecida de Ljubomir Stanisic, a cozinheira esclarece tudo. “A minha candidatura foi uma brincadeira. O Ljubomir é amigo do meu patrão. É cliente da casa, apesar de eu nunca ter tido grande afinidade com ele. Era só bom dia e boa tarde. Ele nunca foi à cozinha antes do programa, nem nunca se meteu comigo”, garante.

E acrescenta: “Um colega disse-me que o Ljubomir devia estar quase a começar o programa. E eu perguntei-lhe: ‘Mas que programa é esse?’ E ele respondeu-me: ‘Então, nunca viste aquele do Ramsay, das equipas?’ Eu tinha visto uma vez e não tinha ligado muito. O meu colega disse-me que estavam a fazer os castings e eu, à noite, como sou muito curiosa, fui pesquisar na Internet como era. Li o questionário e comecei a responder.”

Da candidatura à selecção foi num instante. “Fiz o questionário e chamaram-me para a entrevista, via Zoom. Passadas duas horas, disseram-me que tinha passado para o primeiro casting presencial. E aí percebi que isto era a sério. Mas continuei caladinha, nem o meu marido nem as minhas filhas sabiam. Só a minha sobrinha Cristiana. Foi ela que me levou a Lisboa”, revela Rute Palas, contando todos os pormenores do processo de selecção.

“No primeiro casting presencial, tínhamos meia hora e confecionei migas de batata-doce com crosta de amêndoa. Depois, passei para uma segunda entrevista com uma câmara e, ao fim do dia, ligaram-me, porque estava selecionada para o segundo casting presencial. Quando dei conta, estava no grupo dos 16 selecionados”, revela Rute Palas.

O aviso do marido

A cozinheira garante que é quase uma concorrente acidental no ‘Hell’s Kitchen’. “Juro que nunca pensei que entrasse. Fui sem criar grandes expectativas. O meu único objetivo quando entrei era o de não ser a primeira a sair. Fui por brincadeira. Nunca fui de programas e de exposição. Gosto de estar sossegadinha no meu canto, detesto furores e protagonismos”, afiança Rute Palas.

O marido deixou-lhe um alerta. “O esposo apoiava-me, mas dizia-me: ‘Vê lá, olha a exposição da família’. Eu tentei sempre protegê-los. É claro que o pior aconteceu. Ao contrário do que andaram a escrever, o meu passado não mete violência, nem dívidas. O meu ex-marido nunca me bateu. Tive um casamento de quatro anos e um divórcio normal, como tantos outros. Tentaram envolver-me no mundo das drogas, quando nunca estive nesse mundo”, defende-se.

Rute Palas garante ter vindo do ‘Hell’s Kitchen‘ com muitas ideias e já aplicou no Villa Mariscos “os caldos” que aprendeu no programa: “Trago um baú cheio de coisas boas. Gostei muito de trabalhar com o chef Ljubomir. Ele mostra-se duro, mas é um coração bom. É brincalhão, mas também é reto como eu. Quando não gosta diz logo. Fui tão massacrada por ele! Implicava com tudo comigo.

Leia também: Eis os finalistas de ‘Hell’s Kitchen’, o programa de Ljubomir Stanisic

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News