fbpx
Resumos SIC

“Rosa Fogo” resumo de 25 de junho a 1 de julho

204º Episódio

José, combalido pelo acidente e por ter descoberto que Matilde é sua filha, telefona a Jorge e pede que ele lhe arranje os documentos necessários para fugir do país. Jorge prepara-se para responder mas a chamada termina sem que ele perceba porquê.

Jorge segue para a cave onde estão Gilda e Maria. Ambas se encontram de boa saúde, depois de terem seguido o plano que o homem traçou, fingindo tê-las assassinado, para enganar José. Avó e neta estão preocupadas com o facto de terem desaparecido sem avisar Matilde. Jorge garante que é a única forma de acabar com José e afiança a Gilda que o vilão não é seu filho e que tudo o que está a fazer, é para as ajudar. Gilda insiste em saber mais sobre este amigo misterioso mas Jorge apenas revela que tem ligações fortes à sua família.

No hospital, José maldiz Joana por lhe ter escondido que Matilde é sua filha. O vilão observa a menina que está entubada e dorme sob o efeito da medicação. O médico de serviço entra no quarto e fica surpreendido por ver José já a pé. O vilão disfarça, diz que está melhor e que já se lembra que é pai de Matilde. Finge-se comovido, contando que esta é mais uma fatalidade na vida familiar, depois de Joana, mãe de Matilde e sua mulher ter morrido num trágico acidente de automóvel, há uns anos. O médico acredita na história e garante que Matilde está a salvo.

Jorge abre-se mais um pouco com Gilda e revela que o verdadeiro filho dela se chama Horácio, prometendo contar toda a história assim que José seja apanhado. Maria também se impacienta, mas acaba por aceitar a situação.

Estêvão finge tomar os comprimidos que Catarina lhe dá e finge estar cansado, cerrando os olhos e dando a ideia de que está a dormir. Quando ela sai do quarto, com um sorriso triunfante na face, Estêvão tira os comprimidos da boca e começa a engendrar um plano para fugir.

Eduarda está muito nervosa por não ter notícias de Gilda e Maria e tem um momento de fragilidade. Manuel garante que a Polícia Judiciária está toda mobilizada para as encontrar. Amélie, Samuel e Sofia confortam a amiga e conseguem que volte a concentrar-se na apresentação dos novos projectos de cosmética da Forella.

Na Imperatriz, Alzira exulta com as suas novas miniaturas e grita que é a melhor confeiteira do país. Ambrósio acrescenta que a mulher é a melhor da via láctea, alimentando-lhe o delírio. Sílvia também apoia a sogra, que garante ganhar a guerra com Glória, pelos melhores bolos do bairro. Um pouco mais distante, a prima sobe para uma cadeira e também grita que é invencível. João Nuno está inebriado com a imagem da amada e também lhe alimenta o ego. Glória, extasiada, diz que a prima vai ficar chocada ao saber que ela foi escolhida como confeiteira da Forella, mas muda de humor e ralha com a sua empregada, ao vê-la a empilhar os bolos secos que acabou de fazer.

Cármen, transformada em Carla, interrompe a recolha de assinaturas que Bilro está a fazer junto dos turistas para as suas petições e pede-lhe o divórcio, argumentando que vai precisar da sua ajuda por estar grávida.

Aida mergulha em profunda tristeza porque Victor insiste em disfarçar-se de poeta Tívor, para fugir ao seu assédio sexual. Este quadro de depressão choca com o entusiasmo de Alzira e Ambrósio que querem que eles provem as novas miniaturas da Imperatriz.

Alzira faz um escândalo e sente-se mal, quando chega à academia de dança e constata que os bolos escolhidos para a festa da Forella não são os seus, mas sim os de Glória e da confeitaria Rainha. Samuel fica assustado com a reacção da mãe, enquanto Ambrósio e Sílvia têm de ampará-la. Alzira acusa Samuel e Amélie de a terem traído, por terem encomendado os bolos de Glória. Chama ladra à prima e começa a pisar os bolos secos, antes de sair em fúria da academia. Glória sorri e solta uma gargalhada maquiavélica, em sinal de vitória.

Anita entra em casa eufórica e conta aos pais que recebeu um convite para ser a nova coreógrafa da Companhia Nacional de Bailado. O entusiasmo esmorece, pois a bailarina diz com grande tristeza que vai recusar a proposta, pois o desaparecimento de Maria não a deixa trabalhar em condições. Júlio e Regina apoiam a filha e dão-lhe coragem para seguir em frente, convictos de que Maria vai aparecer.

José tenta raptar Eduarda na Forella mas ela defende-se e consegue libertar-se, depois de uma luta intensa, atingindo-o na zona genital. O vilão cai e contorce-se com dores, permitindo que Eduarda saia para a rua.

Agostinho sente-se angustiado sem saber de Maria e Gilda, mostrando vontade de ir procurá-las. Teresa e Javier tentam acalmar o caseiro.

Avisados por Eduarda de que José vai fugir do país, Manuel e Mendes vão à Forella para o prender. No entanto, a essa hora, o burlão está no hospital à cabeceira de Matilde, reclamando pelo telefone a Jorge os documentos que lhe pediu. Quando a menina desperta, José tapa-lhe a boca e diz que vão sair dali bem juntinhos, prometendo levá-la de volta à quinta Mayer, mas sem coragem de revelar que é seu pai.

Manuel e Mendes, alertados para uma chamada anónima de Jorge vão ao hospital para prenderem José, sabendo agora que se trata do famoso e perigoso crocodilo. No entanto, os agentes são ludibriados.

Ambrósio surpreende tudo e todos na festa da Forella, anunciando que comprou o prédio de Alzira e que oferece um apartamento a cada um dos filhos do casal. Aida e Cármen concluem, estupefactas que o pai é rico. Victor não esconde o deslumbramento.

Estêvão espera que Catarina saia de casa e pede ajuda a Maria. Nesse instante, Gilda é avisada por Jorge que José quer fugir de Portugal, levando consigo Matilde. Maria e Gilda combinam dividir-se para salvar Estêvão e Matilde.

Mascarado como poeta Tívor, Victor convence Aida a viver o seu amor de forma controlada, sem excessos debaixo dos lençóis. Os dois juram amor eterno, declamam um poema ao mesmo tempo e beijam-se apaixonadamente. Victor abandona definitivamente a pele do seu personagem.

Amélie, com grande romantismo, garante a Samuel que vai ficar a seu lado para o resto da vida.

Bilro resolve os problemas de tripla personalidade de Cármen e diz que a aceita nas suas diferentes personagens. A manicura liberta-se e abraça-o feliz, confessando que chegou a sentir medo de o perder.

Glória pragueja com Alzira, que não aceita que ela se imponha com os seus bolos secos. Glória pede a intervenção divina e todos ficam estupefactos quando, depois de um trovão, cai do céu um bolo seco, que Glória diz ter sido enviado por Deus. (conclusão)

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News