fbpx
SIC

Quintino Aires: Homossexualidade, tentativa de suicídio, o amor pelos pais

Julia Pinheiro, Quintino Aires

Quintino Aires foi convidado de ‘Júlia’ esta terça-feira, dia 15 de fevereiro, e falou abertamente sobre a sua infância, a sua  homossexualidade e as tentativas de suicídio.

Quintino Aires começou por revelar a Júlia Pinheiro que teve uma infância harmoniosa e era muito calado. O psicólogo teve uma educação católica desde sempre e até chegou a ser catequista.

Porém, os pais descobriram que o filho era homossexual e reagiram muito bem. O convidado contou que levou o namorado a casa, mas mentiu que era apenas um  amigo.

Os pais rapidamente perceberam que havia um caso entre os dois, porque Quintino Aires bebeu água do mesmo copo que o namorado, algo que nunca conseguiu fazer com outra pessoa.

Os progenitores reagiram bem e disseram para o jovem estar à vontade. “Tenho uma gratidão… uma mãe é tanto… que dizer que todas as progenitoras são mães é uma ofensa”, disse.

Eles disseram-me que ficariam muito tristes se eu não me respeitasse  ou exigisse respeito, que isto era sinal que não me souberam educar“, revelou.

Quintino Aires, Julia Pinheiro

O convidado recordou os últimos dias de vida do progenitor. Em lágrimas, lembrou que a mãe, as irmãs e ele acompanharam sempre o pai até ao último segundo.

Sobre ser comentador do ‘Big Brother’, Quintino Aires admitiu: “Não precisava disso, mas não me incomodava”. O psicólogo confessou que se divertia e o que interessava era  “a pessoa” dentro da casa.

Quintino Aires, Julia Pinheiro

O convidado voltou a ficar emocionado assim que recordou o momento em que pensou em colocar fim à própria vida.  “Aos 29 anos há uma traição que me dói muito e da qual eu não me consigo organizar. Há um planear três vezes a terminar“, contou, deixando a apresentadora surpreendida.

“Tentou-se matar três vezes?“, questionou Júlia Pinheiro. “Planeei. Preparei tudo“, respondeu. Quintino Aires explicou de seguida a razão de não o ter feito.

“Quando as pessoas falam de mim, não sabem nada. Não fiz porque não tenho direito de fazer isso aos meus pais e irmãs”, afirmou.

O convidado emocionou-se ainda ao falar da mãe que sofreu um AVC há 10 anos e não fala. Quintino Aires garantiu que houve” incompetência da médica” e nunca desistiu de ajudar a progenitora. “A vida deu-me tudo, mas não devo nada à vida”, acrescentou.

Quintino Aires recordou que, na altura, a família demonstrou vontade de retirar a sua mãe da unidade hospitalar em causa.

Viemos para o hospital de cá, ela ficou em coma muito tempo e antes do AVC, ia haver uma festa em que as pessoas que nasceram do meu ano se juntariam todas e a minha mãe queria que eu fosse, mas eu não tinha tempo para ir, mas mesmo assim ela comprou uma t-shirt para eu ir (…) no dia dos meus anos, eu pensei “eu vou vestir a t-shirt, ela vai vai acordar do coma” e então fui passar o dia no hospital, só que ela continuou em coma (…) até que um dia acordou do coma, eu estava ao lado dela“, revelou, sem conter as lágrimas.

Por fim, Quintino Aires terminou com um desabafo: “A vida deu-me tudo, mas eu não sinto que deva nada à vida (…) deu-me tudo, mas tirou a fala à minha mãe. Tenho as contas feitas, não devo nada à vida“.

Leia também: Júlia Pinheiro em ‘choque’ com revelação de Quintino Aires

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>