fbpx
SIC

Quem Quer Namorar com o Agricultor. Mafalda e Dalila em ‘guerra’: “Eu não tenho medo de ti”

Os convidados dos agricultores e da agricultora continuam a experienciar a vida no campo. No episódio de ‘Quem Quer Namorar com o Agricultor’ desta sexta-feira, 29 de maio, os ânimos continuam exaltados.

Catarina Manique

Na quinta do Fundão, os convidados continuam a tratar das cabras, no entanto, o talento para desempenhar as tarefas não é o mesmo entre os participantes. Apesar disso, a agricultora decidiu “pontuar” os convidados com um 6,5 de 0 a 10 na tarefa com os animais.

Entretanto, Catarina Manique deu uma nova tarefa aos convidados:  separar as cabras que estão a dar leite e as que não estão a dar leite. A harmonia e boa disposição paira na quinta.

João Paliotes

Em Monforte, a tensão continua entre as concorrentes continua a afirmar-se. “Eu tentei ficar bem e tentei falar com ela feita parva”, começou por afirmar Dalila.

“Eu acho que gostas muito de puxar confusão. Tu só és divertida com o João […] Tu és intensa para o bem e para o mal”, respondeu Mafalda.

“Tu vives num mundo à parte, mas não és parva nenhuma”, disse Dalila, visivelmente chateada.

Mafalda decidiu dar a sua opinião e não deixou nada por dizer; “Eu acho que tu tens um lado fixe, mas só estás a usá-lo para o João”, salientou.

“Eu não gosto de muitas atitudes que tiveram comigo”, confessou Dalila, pedido a Mafalda que lhe diga o que acha dela.

“Pergunta ao João […] Acho que estás com muito má atitude para o nosso lado”, disse Mafalda, referindo que acha que o agricultor “ficava bem com a Cláudia”.

“Aqui ninguém tem de achar nada. Quem tem de achar sou eu”, reforçou João Paliotes.

“Eu não agrado ninguém. Eu não me chamo Mafalda. Eu sou a Dalila. Calou”, disse Dalila.

“Afasta-te”, pediu Mafalda.

“Eu não agrado ninguém […] Eu não tenho medo de ti, nem tu tens de ter medo de mim porque jamais era capaz de ter uma atitude violenta”, defendeu Dalila.

Francisco Tomé

Em Moura, a discussão entre Ana Sofia e Yasmyni criou danos que parecem irreparáveis, no entanto, Maria João tenta convencer as concorrentes a falarem uma com a outra.

“Para mim já era. Morreu […] Não existe desculpa, não existe perdão no meu vocabulário”, disse Yasmyni.

“Só estou a dizer-te para a ouvires”, aconselhou Maria João.

A insistência de Maria João produziu resultados e Yasmyni aceitou ouvir Ana Sofia.“Olha sabes porque é que eu ontem fui embora do quarto. Porque estava mal, estava a tentar dormir e entraste no quarto a cantar e a rir e isso foi uma falta de respeito”, disse Ana Sofia.

“Eu não fiz”, disse Yasmyni.

“Não sejas mentirosa, Yasmyni […] Eu não sou surda. Estava a dormir no quarto, estava mal e tu chegaste a cantar e a rir. Além de cínica, és mentirosa”, disse Ana Sofia.

Ricardo Bernardes

Na quinta de Rio Maior, Mafalda vai montar a cavalo pela primeira vez e tem um pedido especial para fazer ao agricultor.

“Como vai ser a primeira vez que vou montar o cavalo, queria que me emprestasses o teu casaco de montar”, pediu Mafalda, mas Ricardo não aceitou o pedido.

A hora chegou… Mafalda vai finalmente montar o Porta-Chaves. “Estou muito empolgada com a ideia de poder montar o Porta-Chaves”, disse a concorrente.

António Gonçalves

Na quinta do António as concorrentes continuam a trabalhar, mas não o fazem com a mesma intensidade. “Quem não quer trabalhar, arranja todas as formas de se safar”, afirmou Susana sobre Ana Paula.

O agricultor não tem dúvidas sobre Ana Paula. “Não consigo incluí-la mais. Descobri que nem uma sopa sabe fazer”.

Entretanto, Andreia Rodrigues chega à quinta. “O que me traz cá hoje […] É dia de conversarmos um bocadinho todos. Quero saber como é que as coisas estão a correr”, salientou.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News