fbpx
SIC

‘Quem Quer Namorar com o Agricultor’: Catarina expulsa primeiro pretendente

Os convidados da agricultora e dos agricultores continuam a desempenhar as tarefas na quinta e no episódio, deste domingo, 17 de maio, as emoções continuam à flor da pele, pois todos querem encontrar um grande amor.

Quinta da Catarina Manique

No Fundão os últimos dias foram marcados pelas tentativas dos rapazes de estarem a sós com a agricultora.

O novo dia começou com uma notícia arrepiante para os concorrentes: “Hoje vou ter de pedir a um de vocês para abandonar a quinta”, informou Catarina Manique. A agricultora ausentou-se para pensar e os rapazes aguardaram bastante nervosos.

“Já criámos uma amizade entre todos e não é fácil pedir a um para ausentar-se da quinta, mas tem de ser, tem de ser”, disse a agricultora.

Apesar do encontro a sós, Pedro considera que vai ser o primeiro a sair. “O que me custa mais é desfazer esta pequena família que ainda agora se formou”, explicou a agricultora.

A boa disposição constante deu lugar a um momento de tensão. A decisão de Catarina Manique está cada vez mais próxima. “Para mim o amor é o companheirismo, respeito acima de tudo, humildade, sinceridade e muito diálogo. A pessoa antes de ter qualquer coisa tem de ter uma boa amizade”, confessa a agricultora.

“Tudo aquilo que eu já vivi ajudou-me a entender coisas que eu não entendia e a mudar um pouco a minha maneira de ser. Às vezes dá vontade de desistir porque já passei tanto […] Tenho medo de voltar a passar. Neste momento estou a estabilizar-me”, complementou.

“O medo por vezes é o que não me deixa andar. Às vezes não deixo as pessoas aproximarem-se de mim. O medo que eu tenho faz-me bloquear e em vez de andar para a frente ando para trás”, defendeu.

No momento da decisão final, Catarina tece comentários sobre os convidados. A agricultora começou por Bruno: “Tu fazes rir toda a gente […] Quando ele chega ao pé de nós é uma alegria. Ele canta, ri e tenta meter toda a gente bem-disposto”, acrescentou.

No que diz respeito a Ricardo, a agricultora também teceu rasgados elogios: “Gosto do Ricardo. Acho-o muito simpático, muito querido e faz pequenos-almoços muito bons”.

A agricultora também manifestou a sua opinião sobre Daniel. “Gosto de conversar com o Daniel. É humilde, anda sempre a picar, mas tem um coração mole”.

“Acho o Pedro uma excelente pessoa… É um grande amigo”, disse ainda, sobre Pedro.

Chegou o momento em que a agricultora tem de fazer os três convites finais. Para ficar na quinta, começou por escolher Ricardo, seguido de Daniel. Por fim, decidiu convidar Bruno. A primeira expulsão do Fundão recaiu então no concorrente Bruno.

“Sou uma pessoa simples. Tenho os meus prazeres e não abdico. A pacatez e a humildade são valores que toda a gente fala. Gosto muito de ti, mas encosta aí, que eu gosto de outro tipo de pessoas”, afirmou Bruno, com alguma tristeza.

“Pensava que a Catarina preferia valores interiores a valores exteriores. Se calhar também posso estar enganado”, complementou o concorrente.

O novo dia na quinta começa com uma nova tarefa: amamentar os cabritos.

Quinta de João Paliotes

Em Monforte, o ambiente entre Cláudia e Dalila está tenso porque Dalila quer que a colega admita o que sente pelo agricultor. Entretanto, Dalila afirmou que existiu um beijo em segredo. Os sentimentos da concorrente começam a ser evidentes.

Cláudia decidiu convidar João Paliotes para um passeio a cavalo. “A Dalila deve estar a fervilhar por dentro”, explicou Mafalda. Dalila confirmou a teoria da colega e confessou que teve um misto de sentimentos quando viu o agricultor e a concorrente a sair.

“Eu fiquei a pensar ontem na conversa que tivemos e na conversa entre mim e a Dalila. Estou aqui para encontrar o amor. Estou a gostar muito de te conhecer. Óbvio que quero conhecer mais. Se calhar estou a começar a gostar de ti pela maneira de tu seres”, confessou Cláudia.

O agricultor está mais dividido que nunca: de um lado Cláudia, do outro Dalila.

Cláudia continua a aproveitar o passeio de João para deixar bem claras as suas intenções. O agricultor e concorrente deram um abraço em cima dos cavalos. “Fiquei surpreendido. Ela ainda não me tinha dito nada. Foi um ato de coragem e se realmente o disse é porque o sentia”, disse Paliotes.

“O que me marcou é que ele vai ser sincero e que eu vou ser a primeira pessoa a saber”, explicou Cláudia. Entretanto, João Paliotes e Mafalda voltaram do passeio e Dalila notou que o agricultor estava “estranho”.

Em Monforte começa um novo dia e Dalila decide conversar com João sobre os acontecimentos da véspera.“Não quero saber o conteúdo da tua conversa com a Cláudia, mas quero perguntar-te uma coisa. É para continuar tudo igual. Queres o teu espaço?” questionou Dalila.

“Está tudo muito confuso, mas só te peço que confies em mim. O tempo o dirá”, salientou o agricultor, confessando, perante as câmaras que a conversa com Cláudia mexeu com ele.

“Já há algum pensamento pela Dalila. Pela Cláudia não sei se vai haver”, explicou o agricultor.

Quanto a Dalila, Paliotes começa a ter alguns sentimentos definidos: “Há uma química muito forte, que é uma coisa desorientada. Só te peço para confiares em mim e o tempo o dirá”.

Ainda durante a manhã do novo dia, as concorrentes em disputa decidem conversar. Cláudia garantiu que ia embora se começasse a sentir-se “muito desconfortável com algumas situações”.

Quinta do Francisco Tomé

No Alentejo, a quinta de Francisco Tomé tem menos uma concorrente: Nancy. Já sem a concorrente, a picardia pela atenção do agricultor, torna o ambiente um pouco mais tenso.

Entretanto, Francisco tenta ensinar as concorrentes a montar a cavalo, mas Yasmyni não demonstra muito interesse nesta atividade. “Eu sei que uma queda de um cavalo pode prejudicar muito”, explicou a concorrente, que decidiu, a muito custo, experimentar.

O Francisco aproveitou para fazer um balanço sobre o tempo na quinta.

“Está a ganhar pontos comigo porque é uma excelente pessoa”, afirmou Ana Sofia. Após o momento de descontração, as participantes vão apanhar espargos com o agricultor.

Quinta de Ricardo Bernardes

Em Rio Maior, os últimos dias foram marcados por uma conversa que magoou Sandra. “Eu achei que foi de uma frieza… Eu senti que vocês estavam os dois a unirem-se para me deitar abaixo”, explicou, relativamente aos comentários acerca do seu peso.

O novo dia traz novamente muito trabalho para as concorrentes

“Ontem à noite fui deitar-me mais cedo e deixei os meninos na sala e hoje quando acordo Mafalda nada”, afirmou Sandra.

“Queres a verdade ou a mentira?”, perguntou Mafalda.

“A verdade foi a seguinte. O nosso patrãozinho estava como tu, muito cansado. Estivemos a ver televisão, eu aconcheguei-me no cobertor e ele também. Quando acordo estava a dormir, mas estava vestida”, referiu Mafalda.

A tarefa em Rio Maior chegou ao final. “Ficou a boxe mais limpinha que tenho em casa. É a que cheira melhor”, salientou o agricultor.

Sandra pediu para falar a sós com o agricultor para esclarecer alguns aspetos. “Eu acho que a tua postura é diferente quando estás só comigo e quando estamos os três”.

“Quando estou com ela é normal, se não levar a onda dela em menos de nada ela não consegue estar na minha casa”, afirmou o agricultor.

Sandra deixou bem clara a sua ideia: “Quando estamos os três só dás atenção às brincadeiras da Mafalda”.

“A Mafalda é uma pessoa especial […] A Mafalda é um bicho bravo”, afirmou o agricultor. Sandra responde: “Não podes centrar-te só na Mafalda e não conhecer-me a mim. Tu não me conheces e não estás a deixar”.

“Tu, de certa forma, estás a afastar-me”, acrescentou ainda.  O agricultor referiu que vai mudar de atitude. Após a conversa, Sandra decidiu partilhar com Mafalda os seus sentimentos.

Mafalda também se emocionou. “Mais do que uma queca, passeios, é esta essência de pessoa que gostava de ter na vida”, realçou.

A relação do agricultor com Mafalda parece estar à prova de bala.

Depois de um dia recheado de emoções, Ricardo decide jantar com as duas concorrentes, que não demonstram grande interesse em conversar. Mafalda garante que ninguém vai mudar a sua relação com o agricultor.

Por fim, a quinta de Rio Maior recebe dois novos inquilinos muito especiais: dois cavalos.

Quinta de António Gonçalves

Em Chaves, as convidadas têm tido os dias preenchidos por diversas atividades e António aproveita sempre para lançar o seu charme. O agricultor tem uma surpresa na manga para as concorrentes. O desafio é contar e transportar as borreguinhas.

“A que conseguir apanhar mais vai ter um momento romântico comigo”, explicou o agricultor.

“Temos tido muito trabalho e ainda não deu para nos conhecermos bem. Assim seria uma forma de conhecermo-nos melhor. Todas nós temos vontade de ganhar” afirmou Neusa.

Em Chaves, está tudo pronto para começar o desafio. A Ana Paula foi a primeira a conseguir apanhar um animal. A concorrente deixou, desde o início, a sua vontade bem clara: ganhar o desafio para poder conquistar o agricultor… E acabou mesmo por vencer.

Ana Paula e António vão ter o seu merecido encontro, mas as outras colegas decidiram pregar-lhe uma partida: esconderam a roupa da açoriana.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News